Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008

Tenho um amigo milionário no Burkina Faso, mas é um bocadinho distraído

 

 Vous êtes invité ::

  DEAR FRIEND,
Par votre hôte:   Zalata Soso
 
Message:   DEAR FRIEND,

I AM MR.IBRAHIM ZALATA. I WORK IN THE FOREIGN REMITTANCE DEPARTMENT, BANK OF AFRICA(BOA) OUAGADOUGOU BURKINA FASO.

I HAVE A BUSINESS WHICH WILL BE BENEFICIAL TO BOTH OF US. THE AMOUNT OF MONEY INVOLVED IS ($8.2 MILLION US DOLLARS) WHICH I WANT TO TRANSFER FROM AN ABANDONED ACCOUNT TO YOUR BANK ACCOUNT, ALL TO MY FINANCIAL

BENEFIT AND YOURS TOO ALSO 100% FREE RISK.
FOR MORE INFORMATION CONTACT ME ON EMAIL: (mr_zalatasoso2@yahoo.fr)

BEST REGARDS,
MR.IBRAHIM ZALATA
 
Date:   jeudi 28 août 2008
Heure:   22h 00 - 23h 00  (GMT+00:00)
 
Viendrez-vous   Répondre à cette invitation?

 

 

 

Ó meu caro amigo Zalata, então você só me aparece 45 minutos depois da hora limite, e logo com uma proposta destas? Não se faz...

 

(Nota: recebido por e-mail, às 23.45h de hoje. Ainda não me recuperei do desgosto)

 

Etiquetas: ,
publicado por Ana Vidal às 23:45
link do post
Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

Sugestão verde

Estranha mas impossível de ignorar, esta campanha da Greenpeace. Nada pacífica, aliás, embora muito verde...

 

O poder da sugestão (e da boa publicidade) ao serviço de uma nobre causa, apelando ao que mais atrai a atenção de todos nós, hoje e sempre.

 

Assim, sim.

 

Etiquetas: ,
publicado por Ana Vidal às 12:10
link do post
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Contra a pobreza




(Clique nas imagens para aumentá-las e ler as legendas)

Também por cá temos pobreza, e muita. Assustadoramente crescente, e não ao contrário. Ver aqui, nesta notícia.

publicado por Ana Vidal às 12:59
link do post
Sábado, 29 de Setembro de 2007

Time In, Time Out

E por contraste absoluto com o cartaz de Beja, aqui fica a fantástica campanha de publicidade da revista Time Out. Assim dá gosto.


Nota: Roubado no Non-Blog.
Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 13:08
link do post
Quinta-feira, 30 de Agosto de 2007

Fácil, fácil

Viu como é fácil? Agora experimente com o seu carro.

publicado por Ana Vidal às 00:56
link do post
Sábado, 4 de Agosto de 2007

Quedas

Os jornais trazem-nos a notícia de que Mijail Gorbachov é uma das mais recentes estrelas da campanha publicitária da marca Luis Vuitton. O cenário escolhido (pelo próprio, ao que parece) foi o muro de Berlim, ao longo do qual se passeia numa limusine, tendo ao lado um dos mais desejados e imitados acessórios de viagem de todos os tempos - um clássico saco de viagem Vuitton. Consta que Gorby teve que ser convencido a dar a cara por esta marca, e que elegeu o muro de Berlim como fundo, por se orgulhar de ter sido um dos principais artífices da sua queda.
Depois de Gorbachov, Catherine Deneuve e o casal André Agassi-Steffi Graf, a Vuitton está já a pensar em novas personalidades para a sua bem sucedida campanha, e pensa endereçar um convite a Bill Clinton. Não se sabe qual será o cenário escolhido por este, mas tenho uma sugestão: o vestido azul de Mónica Lewinsky, que ele também fez cair com tanto estrondo.
publicado por Ana Vidal às 15:25
link do post
Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Uma raridade

O famosíssimo e-bay anuncia e vende - pasme-se! - uma Bíblia Sagrada autêntica (!!!) e assinada pelo próprio (e não menos famoso) Jesus Cristo*.

Veja aqui e despache-se, se quer ser um dos raros eleitos a comprá-la, porque o stock deve ser limitado (Jesus Cristo tinha pouco tempo para autógrafos, andava ocupado de mais a fazer milagres para perder tempo com essas trivialidades...).

Não perca esta oportunidade única. E, já agora, pelo sim pelo não, quando fizer a encomenda deixe o seu nome próprio ou diminutivo, quem sabe se não terá a sorte de receber mesmo uma dedicatória personalizada no seu exemplar? Cristo é amigalhaço dos tansos (até disse: "bem aventurados os pobres de espírito, deles será o reino dos céus"), talvez engrace consigo e lhe faça essa surpresa...




Nota: Repare-se num pormenor curioso - Atento como sempre e prevendo o boom que teria a língua inglesa no mundo ocidental dois milénios depois, Jesus Cristo facilitou a vida aos seus leitores e escreveu a Bíblia sagrada já nesse idioma, como prova o título da capa aqui ao lado - Holy Bible.
* Notícia "gentilmente cedida" pelo Blog da Sabedoria.



Etiquetas: ,
publicado por Ana Vidal às 11:01
link do post
Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

Carta aberta

Encontrei, nos meus arquivos, esta carta que escrevi um dia para as Selecções do Reader's Digest. Foi há anos, mas o meu protesto irónico não resultou. Continuo a receber cartas, cuja imaginação ainda não se esgotou.
Porque me divertiu voltar a lê-la, não resisto a mostrá-la aqui. Espero que achem alguma graça.



Carta aberta ao Presidente do Comité de Concursos das Selecções do Reader's Digest



Meu caro amigo:

Espero que não se importe que o trate assim, num tom tão familiar, mas na verdade é você o culpado desta intimidade. Pensando bem, já recebi mais cartas suas do que de qualquer namorado, mesmo os mais inflamados.

A par dos infindáveis catálogos de roupa e casa, folhetos de promoções dos supermercados da zona e extractos bancários, as suas folclóricas cartas aí estão, sempre fiéis e pontuais na minha caixa do correio, e em triplicado!

Pois é: por uma incrível coincidência, aconteceu juntarem-se nesta casa três dos raros "privilegiados pertencentes à elite dos 4% residentes no distrito de Lisboa" que a sua empresa decidiu distinguir - eu, o meu ex marido e uma empregada que um dia teve a brilhante ideia de dar o meu endereço para encomendar o recheio da futura estante, pouco antes de se despedir.

As suas abordagens são de uma imaginação e persistência sem limites. Na última carta que me lembro de ter lido, dizia-me: "fiquei bastante admirado ao ter conhecimento de que os 4 Certificados de Finalista emitidos em seu nome, após selecção por computador, ainda não chegaram aos nossos serviços. É possível que a sua resposta se tenha cruzado com esta carta ou, muito simplesmente, que se tenha esquecido de nos responder".

Não, não esqueci. Aqui está a resposta.

Como calcula e planeou, é impossível não reparar nos seus envelopes. Chegam-me de todas as formas, tamanhos e cores, demonstrando uma dedicação a toda a prova para com alguém que nunca encomenda nada. É uma tortura: os meus filhos divertem-se a colar selos e autocolantes pelos espelhos e vidros das janelas, a misturar no meu chaveiro chaves reluzentes de Ferraris e Mercedes imaginários, a raspar cartõezinhos prateados - todos eles milagrosamente premiados - que espalham por toda a casa.

Sem mexer um dedo, sou sempre finalista de qualquer coisa (porque será que não tenho tanta sorte no Euromilhões?). E a tentação é grande - os milhões prometidos estão sempre quase, quase, ao alcance da mão. A prová-lo, meia dúzia de "felizes contemplados" sorridentes ali estão nos folhetos, em fotografias coloridas, a chamar-me idiota. Mas, ingrata como sou, recolho furiosa a interminável papelada e deito tudo fora.

É por isso que lhe peço: por favor, não perca mais tempo comigo. Guarde imaginação e papel para outros, menos mal-agradecidos ou com maior vocação para milionários. Pela minha parte, não prescindo do prazer de comprar os meus livros numa livraria, mesmo sem receber prémios por isso. O mesmo se passa com os discos. Devo ser masoquista...

Castigue-me de uma vez por todas: devolva-me aos pobres 96% que não foram escolhidos. É lá que mereço estar.

Espero ter finalmente respondido.

E, por favor, não me obrigue a dizer-lhe, noutro tom: VÁ PRIVILEGIAR OUTRO!

Com os meus cumprimentos
Etiquetas: ,
publicado por Ana Vidal às 10:54
link do post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Tenho um amigo milionário...

Sugestão verde

Contra a pobreza

Time In, Time Out

Fácil, fácil

Quedas

Uma raridade

Carta aberta

favoritos

Fado literário

O triunfo dos porcos

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Subscrever feeds