Domingo, 28 de Setembro de 2008

Pour la beauté du geste

(As-tu-déjà aimé? - Les chansons d'amour)

 

 

publicado por Ana Vidal às 19:14
link do post
Quarta-feira, 3 de Setembro de 2008

Diálogos improváveis

 

 

- Desculpa a minha letra, é ilegível.

- Pelo contrário, leio muito bem a tua letra.

- A sério?

- A sério. Ilegível és tu.

 

 

 

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 22:15
link do post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Pour la beauté du geste

Diálogos improváveis

favoritos

Fado literário

O triunfo dos porcos

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Subscrever feeds