Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

África Poética


Só hoje descobri - e foi por mero acaso, porque ele transcrevia, num post de Natal, o meu poema Dança das 7 Luas - o blog Africanidades, assinado e (bem) defendido por Jorge Rosmaninho.
É todo um mundo que se abre à nossa frente, a nós, avezinhas timoratas fechadas nesta pequena gaiola dourada chamada Portugal. Um mundo enorme, que tem por nome África. Mágico, magnético, fascinante e longínquo.
Neste caso, a porta para esse mundo é a Guiné-Bissau, mas podia ser outra qualquer.
Não deixem de espreitar este blog, e preparem os vossos olhos para horizontes mais vastos. É que, apesar do olhar crítico e realista do autor - tanto por fazer, tanto por denunciar! - a poesia de África impõe-se-lhe, irremediavelmente. Há rios que levam desertos para a sua nascente...

http://www.richardlawhorn.com/music/Out_of_Africa_Theme.mp3

(Cliquem só na janela que vai abrir, ao passar o cursor sobre est endereço. Assim podem continuar nesta página)

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 17:44
link do post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds