Sexta-feira, 28 de Março de 2008

Obrigada


Por indicação da Teresa Ribeiro, o Porta do Vento foi eleito blog da semana no Corta-Fitas. É uma distinção que muito me honra.
Obrigada à Teresa e ao Corta-Fitas, um dos blogs que tem a minha incondicional fidelidade desde que navego nesta onda blogosférica.
Etiquetas: ,
publicado por Ana Vidal às 00:15
link do post
12 comentários:
De Teresa Ribeiro a 2 de Abril de 2008 às 00:18
Não tem de quê! :)))))
De Sofia a 31 de Março de 2008 às 11:22
Mais que merecido! Eu também fazia o mesmo!

um grande beijinho

p.s. Esqueci-me de dizer, mas tenho lá uma 'coisinha' para ti! ;)
De estrelicia esse a 29 de Março de 2008 às 09:50
Um pr�mio merecido e justo. Parab�ns.
De sum a 29 de Março de 2008 às 02:44
Olá Ana,
Muitos Parabens e muitos mais destas.
Foi uma destinção muito justa e já merecida há uns tempos.
Um beijnho sum
De av a 29 de Março de 2008 às 02:32
Obrigada a todos. Este espaço sem todos os amigos que por aqui passam não teria a menor graça.

Meg querida, obrigada pelo mail da Etel. E vou escrever-te já, já. Não gosto de saber que estás mal. Beijos e muita força, amiga!
De Meg (sub Rosa) a 29 de Março de 2008 às 00:27
Para béns, múda.
Não há quem mereça mais.
Mas que triste sentir-se saudade:-)
Um beijo
Olhe, o email de minha amiga poeta
Etel Frota é o etel.frota at gmail dot com.
Faria um post sobre ela, mas estou mal.
Pode falar em mim, Ela me chama Meg Bee. Ou abelhinha;-)
Bejinhos querida, estou mesmo mal
De RAA a 28 de Março de 2008 às 23:10
Muitos parabéns, vizinha! -- pela distinção e pelos motivos que a consagraram.
De Júlia Moura Lopes a 28 de Março de 2008 às 21:35
Fa�o minhas as plavras de todos! Parab�ns, Ana!

Eu tb gosto de ouvir o Vento por aqui

beijinho
De O Réprobo a 28 de Março de 2008 às 11:55
É um acto de justiça que honra Quem é distinguido e, pelo gosto, Quem distingue.
Beijinho
De Once In a While a 28 de Março de 2008 às 11:45
recente leitora da sua prosa, Cara Ana, associo-me a estes parabéns merecidos *
Um beijinho e votos de bom fim-de-semana

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds