Quinta-feira, 4 de Outubro de 2007

Um presente

Um presente para a S. e o P., um casalinho muito especial que no sabe porque se quiere, pero... se quiere. A música é um bocadinho pirosa, eu sei, mas o amor também é. Não é?

Um beijo aos dois.

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 02:12
link do post
11 comentários:
De ana vidal a 5 de Outubro de 2007 às 10:18
Pronto, Julio, não quis ofendê-lo. É só porque você não é dos meus preferidos, só isso. Mas concedo que tem feito muito pelos apaixonados do mundo inteiro, por isso continue a cantar (enfim, ou a miar...). Eu também acho que ridículo era o Pessoa, embora não fosse piroso. Pirosos somos nós, e ainda bem.
De Julio a 5 de Outubro de 2007 às 09:00
S.

Já ganhei o dia (e a noite), com o seu comentário.

Ana.

Adivinhou, sua espertalhona. Era mesmo eu. Quem mais?

O Pessoa, com respeito, tornou-se ridículo, cá para mim, quando escreveu tal coisa. E ridículo, minha amiga, não é necessariamente piroso. Mas, ridículo ou piroso, seja, o amor é bom e bonito, não é? Pelo menos enquanto dura...

E não se ofenda! Onde é que eu me comparei ao seu estimado Pedro Guerra, ora essa? Ofender-me-ia eu, é claro, se alguém o comparasse a mim. Com menos cabelo, mãozinha na barriga e, se possível (?), ainda menos voz, o mel cá está, diz bem. Ainda me perguntam porque não gosto de doces ou não ponho acúcar no café... Invejosos, é o que são.
De ana vidal a 4 de Outubro de 2007 às 22:44
E é o Iglésias, mesmo! No tempo em que ainda tinha cabelo. Foi-se o cabelo e o fio de voz, e ficou só o mel e a mãozinha na barriga...
Mas não se estique, Julito: não se compare com o Pedro Guerra, por Dios! Até me ofendo!
De ana vidal a 4 de Outubro de 2007 às 22:34
Até o Fernando Pessoa disse que as cartas de amor são ridículas... (apesar de eu achar que ele não percebia muito do assunto, a não ser em teoria!)
O amor é piroso, talvez, mas eu adoro ser pirosa. Tenho dito.

Vou ver a sua sugestão, Julio (será Iglésias?)
De S. a 4 de Outubro de 2007 às 20:49
Agradeço ao Julio a sugestão musical! Vou ver se ainda a danço hoje, porque "El amor no solo son palabras que se dicen al azar, por un momento y sin pensar. Son esas otras cosas que se sienten sin hablar, al sonreir, al abrazar." Piroso ou não, isso não importa...

Un beso (como diz a Oriana)
De Julio a 4 de Outubro de 2007 às 18:58
Piroso, o amor? Opiniões... Vindas de si, é certo, fazem-me sempre pensar. O que não me impede de meter colherada, solidário com os protagonistas. Derreto-me com histórias de amor, quaisquer que sejam. Felicidades, meus queridos.

http://www.youtube.com/watch?v=GquTOv-Dr08
De ana vidal a 4 de Outubro de 2007 às 11:48
De nada, querida.
Navegar é preciso. Dançar também.
bjs
De S. a 4 de Outubro de 2007 às 11:31
Obrigada querida amiga... acredita que dancei abraçadinha ao meu "pombinho" logo pela manhã, quando vi a tua entrada... Mas só agora é que percebi que era mesmo para nós... Obrigada.

beijinhos
De ana vidal a 4 de Outubro de 2007 às 09:43
mad,
nada disso.
mas enfim, é um presente universal.

pedro,
:)
De Pedro a 4 de Outubro de 2007 às 09:01
Amoreiras? Talvez, mas o amor corre por vários bairros da cidade. E esta música tornou mais bonita uma manhã que amanheceu em paz, em Alvalade. Obrigado, Ana.

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds