Quinta-feira, 30 de Agosto de 2007

Diálogo de surdos


O COMENDADOR
Vamos lá ver se chegamos a um common sense. Será que o homem não diz coisa com coisa, ou será que o defeito é meu?
Em Joe Berardo, os nossos repórteres encontraram alguém à sua altura: eles fingem que perguntam, ele finge que responde.

Nota: "Pescado" no BlogoExisto, de João Pinto e Castro.
Depois não digam que sou só eu que embirro com o homem.
Etiquetas: ,
publicado por Ana Vidal às 03:21
link do post
2 comentários:
De ana vidal a 1 de Setembro de 2007 às 21:10
E nós estaremos cá para ver, se ainda andarmos por cá...
De pedro sanchez a 1 de Setembro de 2007 às 17:31
um dia, talvez um dia se comece a contar as verdadeiras histórias destes novos fazedores de dinheiro que de vez em quando assolam as nossas praças...e como verdadeiramente lá chegaram.

Mas é verdade, os senhores jornalistas encontraram alguém à sua altura.

ppformozinho

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds