Sexta-feira, 7 de Setembro de 2007

Cafeitona

Quem disse que os alentejanos só gostam de dormir?

No SOL, acabei de ler a mais extraordinária das notícias: nesta era em que a transgenia está na ordem do dia, o Alentejo faz questão de não ficar na cauda da Europa. Sabendo que há que acompanhar os tempos com criatividade e inovação, mas ao mesmo tempo manter a identidade e a cultura que distingue cada região, Campo Maior agigantou-se no ranking mundial e criou uma azeitona com sabor a café (!!!!). Será que vão chamar-lhe Cafeitona?

Não, não é brincadeira. A experiência foi feita e os seus autores vão comercializar o resultado a curto prazo, inundando os mercados com este original produto da região, que acreditam vir a ser um grande sucesso. Por mim, duvido muito. Pergunto-me para que servirá uma azeitona a saber a café: para tomar no fim das refeições? Para juntar ao leite do pequeno-almoço? Mas tenho algumas outras sugestões para estes génios alentejanos, caso me engane:

  1. Salmoriço - chouriço com sabor a salmão.
  2. Lagostigas - migas com sabor a lagosta.
  3. Sushiada - feijoada com sabor a sushi.
  4. Sorbecinho - toucinho com sabor a sorbet.
  5. Sericanga - sericaia com sabor a manga.

Tudo isto, claro, regado com um bom Gintol - um gin tónico com sabor a tintol.

E viva a criatividade à portuguesa!

publicado por Ana Vidal às 18:43
link do post
4 comentários:
De ana vidal a 8 de Setembro de 2007 às 01:15
Conto-vos uma história verídica passada com amigos meus, a propósito disto: uma mãe de família (7 filhos, conta bancária quase a zeros, em plena época pós-revolução de Abril) fez um arroz de bacalhau para o almoço. Como o bacalhau era pouco e o arroz muito para render, desapareceu o bacalhau todo e acabou por sobrar muito arroz. Ela não se atrapalhou: lavou-o muito bem, juntou gemas, açucar e leite e fez um arroz doce para o jantar. Ninguém se queixou...
De RAA a 8 de Setembro de 2007 às 00:06
Melhor, só a receita de bacalhau com morangos (bacangos ou moralhau?) do Gaston Lagaffe!
De JG a 8 de Setembro de 2007 às 00:02
Ou Cafetina - Café com sabor a gelatina

Talvez no Brasil tivesse sucesso.
De papalagui a 7 de Setembro de 2007 às 23:53
Lagostigas e sericanga devem ser óptimas :-)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds