Terça-feira, 28 de Agosto de 2007

Tempo e silêncio

Tiempo de silencio - Cesária Évora e Pedro Guerra


</td></tr>
Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 23:16
link do post
4 comentários:
De ana vidal a 29 de Agosto de 2007 às 15:45
O Pedro Guerra primeiro estranha-se, mas depois garanto que se entranha completamente. É preciso ouvi-lo sem os preconceitos (que eu também tenho) quanto á língua, sobretudo cantada. E esta música é dele, e a letra também.
De Dani Paris a 29 de Agosto de 2007 às 14:44
Você gosta mesmo de música de Cabo Verde. Eu também. Há qualquer coisa... Gostava de lá voltar, muitos anos depois de uma passagem menos que efémera.
A tristeza não assumida da melodia, o violoncelo que chora. O ritmo, porém, sugerindo um mundo novo. A meio caminho, diria - eu, que não sou especialista - entre a morna e a coladera. Parar e ouvir, simplesmente, ou dançar. Tudo nos é permitido.
Muito bonito, em qualquer caso. Um bom conjunto. Até o seu amigo Pedro Guerra, que não me convenceu à primeira, fica bem na foto.
Boas escolhas musicais, no seu blog. Obrigado. Queremos mais.
De ana vidal a 29 de Agosto de 2007 às 13:05
É uma bonita morna, sim. E eles são ambos muito bons.
Beijo
Ana
De james a 29 de Agosto de 2007 às 01:51
Não conhecia.

Muito bom.

Um abraço.

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds