Domingo, 30 de Março de 2008

Feira de Velharias (3)

Já ouviu falar?

- Já ouviu falar na Cidadela de Cascais, nos chalets do Monte Estoril, no Jardim dos Passarinhos, na Praia dos Pescadores, na pastelaria Garrett, no Casino Estoril?

-Não, não faço ideia. O que são todas essas coisas com nomes curiosos?

- São enfeites simpáticos e bonitinhos, que puseram à volta do Estoril Sol Residence para lhe dar um charme especial e um certo arzinho retro que satisfaz o gosto sofisticado dos futuros moradores.
- Ah, sim, o Estoril Sol Residence conheço, evidentemente!! Do resto é que nunca tinha ouvido falar...
(Nota: Publicado pela primeira vez em 15/07/2007. Clique para ver o video)
Etiquetas: , ,
publicado por Ana Vidal às 11:51
link do post
4 comentários:
De av a 30 de Março de 2008 às 16:17
O problema é mesmo esse, meus amigos: todos concordamos que o Estoril-Sol era um mamarracho completamente desproporcionado para o sítio em que estava (mesmo os que têm dele boas recordações, como eu também tenho) mas o que vai ser feito lá é ainda maior! Acredito que deve ser óptimo viver num daqueles apartamentos com uma vista deslumbrante até da casa de banho, mas... e quem o vê de fora, cá de baixo? É um absurdo demolir um monstro para construir outro, acho eu.
E este filme tem um texto completamente idiota, além do mais. Não resisti a pô-lo aqui, porque é dos copys mais miseráveis que tenho visto...
Beijos
De Teresa a 30 de Março de 2008 às 16:01
Tenho (tive) uma relação complicada com o Estoril-Sol. Reconheço que era medonho por fora, que era mesmo uma mancha naquela costa linda. Tenho recordações fantásticas ligadas a ele - principalmente à piscina e ao bar.
Outros tempos, minha amiga...
Um beijo.
De O Réprobo a 30 de Março de 2008 às 15:19
Está sensacional, Querida Ana, todas as incompreensões subjacentes remontam à ambiguidade da palavra "património", claro está.
Estou com o Huck F., por uma sentimentalíssima razão: passei no mamarracho demolido uma temporada muito feliz, com os meus Pais. E olhamos sempre para os locais que nos acolheram bem com uma benevolência que os restantes nunca obterão.
Beijinho e abraço
De Huckleberry Friend a 30 de Março de 2008 às 13:37
Podem dizer-me as vezes que quiserem que o velho Estoril-Sol era um matacão a desfear a Marginal. Ainda assim, não me consolo com a demolição e suspeito que a "obra de arte" que para lá se anuncia não será mais meiga... gostei desta velharia recuperada!

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds