Quarta-feira, 17 de Outubro de 2007

Saltimbancando


Quase toda a minha vida cabe em 60 litros de mochila e meia dúzia de gigabytes de disco rígido. O resto são pessoas, locais e livros, mas esses não os posso carregar comigo.
Esta declaração poética faz parte de um belo texto de Jorge Rosmaninho, no seu Africanidades. Um homem em constantes andanças por África. Saltimbancando, como ele diz.
Boa viagem, Jorge, e que a mudança seja abençoada pelos deuses da sorte.
Etiquetas: ,
publicado por Ana Vidal às 02:52
link do post
4 comentários:
De JP a 17 de Outubro de 2007 às 18:29
Para mim, deambular pela Velha Europa (Barcelona,Paris, Viena, Roma, Florença, Veneza, Amesterdão, Glasgow, Estocolmo, Zurique, Budapeste, Praga) corresponderia a realizar um dos sonhos da minha vida.

Mas sei que África exerce um apelo irressitível e quem lá foi não se cansa de falar na cor e no cheiro da terra.
De Pedro a 17 de Outubro de 2007 às 16:12
Conheço mal o blogue e ainda pior o continente, mas o pouco que sei dá-me vontade de partir à descoberta de África, esse mundo à nossa frente ao qual estamos tão ligados.
De Sofia a 17 de Outubro de 2007 às 11:58
Gosto cada vez mais do Africanidades e da escrita que nele se pratica. Por curisidade, uma vez, fui ler alguns posts antigos e não me arrependi, muito bonitos, também pelas fotografias! beijinhos
De Anónimo a 17 de Outubro de 2007 às 11:44
Como é fácil entender estas palavras, principalmente para quem sente o apelo das terras africanas.
Carla

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds