Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Claves de Sempre

Manuel Fragoso de Almeida

 

Talvez não saibam, mas passaram quatro anos da morte deste senhor no dia 10 de Junho. Por isso aqui vos deixo uma pequena canção que tem todo o inconfundível estilo do seu memorável autor, Ray Charles. É a “soul music” em pessoa… e vale sempre a pena recordar. É sem dúvida um dos meus cantores favoritos, daqueles que ficarão para sempre na nossa memória, e por isso aqui fica, num início de semana um pouco preguiçoso seguramente, depois dos feriados, da praia, do sol…

 

Boa semana, com este memorável … “Till There Was You”.

 

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 07:30
link do post
11 comentários:
De Anónimo a 15 de Junho de 2009 às 08:45
Hit the road Jack; composta num "segundo" é absolutamente fabulosa, de génio, a tal luzinha que, sem explicação, se acende aleatoriamente.
Obrigado pela lembrança
mm
De Manecas a 15 de Junho de 2009 às 21:27
De acordo...Aliás esta escolhi-a por não ser tão conhecida, mas sendo deste senhor...

1 AB
De Ana Vidal a 15 de Junho de 2009 às 11:06
Manecas, continuamos de acordo quanto a escolhas musicais. Adoro o Ray Charles.

E essa também é uma das minhas preferidas, mm.
De Manecas a 15 de Junho de 2009 às 21:29
Lá me safei...! Que a preguiça...

Mas se gostas, valeu a pena o esforço!

Um beijão!
De meunikaki a 15 de Junho de 2009 às 12:12
Sempre hesitei entre Ray Charles e Stevie Wonder, eventualmente José Feliciano.... deve serem os 3 cegos, não vislumbro outra razão. Se o último é claramente inferior aos outros dois, estes não consigo hierarquizá-los. That's what friends are for não é inferior ao referido hit the road jack. Melhor dizendo: nada como hit the road with a good friend :-)
De Manecas a 15 de Junho de 2009 às 21:30
Peço desculpa mas desta vez não me é dificil optar pelo Ray Charles!

Gostos...

1 AB
De Grande Jóia a 15 de Junho de 2009 às 17:59
Excelente escolha. Ray Charles é um dos meus preferidos.
De Manecas a 15 de Junho de 2009 às 21:31
Uma jóia mesmo ! Estamos de acordo!

De mike a 15 de Junho de 2009 às 18:43
Com este senhor e a música dele, a semana só podia começar bem. Abraço.
De Manecas a 15 de Junho de 2009 às 21:32
Até a chuva sabe bem!

1 AB
De Luísa a 16 de Junho de 2009 às 00:01
Não sou aficionada do género, Manecas. Um problema de interpretação, julgo eu. Mas a música é muito bonita e muito romântica e promete uma excelente semana. Voto que agradeço e retribuo. :-)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds