Sábado, 2 de Maio de 2009

Mimos aos nossos leitores

Recebi do Manecas* um já anunciado devaneio pela beleza feminina... na pessoa de um dos seus máximos expoentes: Jaqueline Bisset. Aqui está, com a expressa recomendação de que é um presente para o Mike, para o compensar das segundas-feiras aqui na Porta do Vento, de que tanto se queixa. Não restam dúvidas... os nossos leitores são tratados a pão-de-ló!

 

 

Por minha conta e risco acrescento esta outra fotografia, mais actual, a provar que há quem saiba amadurecer com classe e sem artifícios, e mesmo assim conservar intactos os atributos que se tornaram a sua imagem de marca. É o meu presente para as nossas leitoras. Nesta época de culto ao fake desenfreado, Jaqueline Bisset é um exemplo para todas nós, mulheres.

 

 

*Nota: Hesitei em incluir este post na rubrica habitual do Manecas,"Ideias à Solta", por me parecer que corresponde mais ao título "Hormonas à Solta". E porque o equilibrei depois com um complemento da minha lavra, acabou por ficar só um post "à solta", sem mais classificações.

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 11:42
link do post
22 comentários:
De meunikaki a 2 de Maio de 2009 às 14:27
Curioso.... já não sei bem como me lembro da Jaqueline; a memória esfuma-se, mas qualquer delas, embora sendo a mesma, continua agradável. As time goes by, começa-se a pender mais para a fotografia mais recente, mais de acordo com o que nós também vamos sendo, com as hormonas aos pulos, agora dia sim dia não, por oposição aos dia sim dia sim da juventude :-)
Cumpre referir algo que disse há poucos dias, que há o que nos faz sentir bem e o que se crê que agrada aos outros: não é mesma coisa, raramente coincide e anda, possivelmente, muita gente enganada com que a anda a fazer ao corpo.
Bom fim de semana, porque hoje é sábado.
De Ana Vidal a 2 de Maio de 2009 às 14:44
Bom fim-de-semana para si também. E se gostou das duas versões da Bisset, então é com certeza um daqueles leitores que merecem todos os mimos! :-)
De Manecas a 2 de Maio de 2009 às 15:34
Obrigado Aninhas pela tua ajuda...

Espero que o Mike já possa ver com maior leveza os teus posts de 2ª feira...

A pequena e a senhora, merecem o post...Diz lá que não...!

E tens razão no teu comentário, há que saber acolher serenamente as trasnformações da idade, com a mesma juventude de espírito!

Beijinhos
De Ana Vidal a 3 de Maio de 2009 às 02:29
Claro que merecem... ambas.
De mike a 2 de Maio de 2009 às 18:57
Considero-me tratado a... mousse de chocolate, pode ser? :)))
O meu muitíssimo obrigado ao Manecas e o meu eterno agradecimento à Ana. Entre a menina e a senhora, claro que prefiro a menina, apesar de concordar com o que a Ana diz. Ah, mas a menina Bisset... (suspiro)... leva quaisquer hormonas à loucura... levava. ;)
De Manecas a 3 de Maio de 2009 às 16:53
Bem, não sei se o Mike entrava naquela discussão dos apoiantes da JB e os que preferiam a Candice Bergen...

Eu sempre fui um fã da Jaqueline Bisset...e o resto era paisagem...

Abraço
De Grande Jóia a 2 de Maio de 2009 às 20:27
A todas as mulheres que não se importam de viver os anos que têm. Que essa coisa de idade é outra história...
Manecas tem bom gosto e sabe como agradar a gregos e a troianas:)
De Manecas a 3 de Maio de 2009 às 16:55
...com preferência para as gregas, se me permite...

Bjs
De Manuel Teixeira a 2 de Maio de 2009 às 22:39
A idade não perdoa... e o resto é conversa.

Estas duas fotos ilustram-no bem e, sem duvida nenhuma, prefiro a primeira.
De Ana Vidal a 3 de Maio de 2009 às 02:26
Não é a idade que não perdoa, Manel... somos nós que não lhe perdoamos que nos modifique assim... e o resto é que é conversa!

De Manecas a 3 de Maio de 2009 às 16:56
Este argumentário de poetisa tem que se lhe diga...!

Bjs
De fugidia a 3 de Maio de 2009 às 09:37
Com mais este mimo, o Mister tem de postar toda a semana o P. B....



(ela era e é muito bonita)
De Luísa a 3 de Maio de 2009 às 09:53
Ana, eu que já estava de «faca afiada» para atacar a escolha do Manecas, fico, de repente, perante o conjunto apresentado, completamente desarmada. Sempre achei a Jaqueline Bisset demasiado bonita para ser, realmente, talentosa e, por isso, talvez a sua melhor interpretação tenha sido para mim – escândalo! - a da Condessa Andrenyi, no Murder on the Orient Express. Nos outros papéis em que a vi, achei que «puxava» um bocadinho ao «pseudo-intelectual», talvez para compensar a imagem tendencialmente fútil da beleza. A segunda fotografia, observada isoladamente, sem comparações, mostra uma mulher com charme e com classe, cuja expressão, muito mais aberta e quente, me diz que já não «puxa» a coisa nenhuma, que é o que é. :-)
De Ana Vidal a 3 de Maio de 2009 às 11:43
Nunca a achei uma grande actriz, Luísa, mas lá que era - e é! - uma mulher linda e cheia de personalidade, isso tenho de reconhecer.
Concordo consigo: o que os anos lhe tiraram em frescura foi-lhe dado em classe, charme e simplicidade. Não é o que todas nós gostaríamos que acontecesse connosco? :-)
De Manecas a 3 de Maio de 2009 às 17:12
A escolha não acompanha a selecção da Ana das 2ª feiras.

Aqui é só mesmo a pequena para alegrar o Mike...

Mas pronto aceito que não é uma grande actriz...mas não importa...

Bjs
De mike a 3 de Maio de 2009 às 18:40
Um palmo de cara assim, quem quer saber que seja boa actriz, ou não, Manecas? :)))
De Grande Jóia a 3 de Maio de 2009 às 18:49
Apanhado, Mike! Afinal não é pelo talento que escolhe as sua segundas feiras...(risos)
De Ana Vidal a 3 de Maio de 2009 às 20:07
Ora aí está! Mais depressa se apanha um diabo do que um... anjinho!
De mike a 3 de Maio de 2009 às 20:47
Senhoras, senhoras, quanta injustiça... eu escolho sempre pelo talento, talvez por isso nunca tenha escolhido a Jaqueline Bisset. Mas caramba, um homem tem olhos na cara e não é de ferro... e o Manecas foi amigo. ;D
De marie tourvel a 3 de Maio de 2009 às 22:06
Bisset foi e continua linda...
De sem-se-ver a 4 de Maio de 2009 às 20:57
tens toda a razão, em tudo o que dizes. uma mulher bela é sempre, em qualquer idade, uma bela mulher. desde que saiba ter orgulho nas suas belas rugas belas.

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds