Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

2 anos

 

 A Porta do Vento faz hoje 2 anos.

É dia de estatísticas: 1059 posts, 11474 comentários, 135038 visitas.

 

Houve modificações estruturais. Se este espaço perdeu alguma da sua personalidade inicial e se tornou mais disperso no estilo, a verdade é que ganhou em qualidade e em variedade. E acabou por transformar-se numa espécie de clube de amigos, coisa de que muito me orgulho. Obrigada a todos os que por cá passam, e voltem sempre. A casa é vossa.

 

 

 

Nota: (A pedido do Mike, aqui está a surpresa do bolo.

Não queremos que falte nada aos nossos comentadores...)

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 09:24
link do post
62 comentários:
De Rita a 30 de Abril de 2009 às 09:52
Parabéns, querida Ana, devo-te muita coisa e mais esta: a incrível diversidade da blogosfera! Além disso, o teu inconfundível «Porta do Vento» tem uma linha que aprecio particularmente: é tradicional sem ser conservador. Tem um cunho, um estilo, a tua voz e o teu rosto por trás. É a tua casa, muito embora possam variar os convidados e as flores com que a enfeitas. E tem muita luz, e recebes bem, e serves bons aperitivos, e surpresas agradáveis, e só tens uma cara, e as pessoas sentem-se sempre bem acolhidas, e há sempre conversas giras e despretensiosas, e, sobretudo, não te deitas cedo, como os belgas ou os suiços :-))) Mais uma vez Parabéns ao blogue e também à tua pessoa: és sóbria, generosa, franca, direita, alegre, corajosa e amiga e tens sobretudo carácter, que é uma coisa que vai rareando! Deus te conserve, pois fazes muita falta aos teus amigos! Um abraço apertado desta que não te dispensa nunca!
De Ana Vidal a 30 de Abril de 2009 às 10:07
Ena, Rita, assim fico "encabulada", como diria a nossa Marie...
Quem agradece sou eu, amiga, devo-te tanto ou mais! E este blogue não teria a mesma graça sem ti e sem vocês todos, além de que eu tenho andado muito batoteira nos posts. Mas nada acontece por acaso: graças a um certo cansaço blogosférico tive a ideia de convidar-vos, e não posso estar mais contente com o resultado. Bora comer uma fatia do bolo, que hoje é dia de festa?

Beijo grande
De Rita a 30 de Abril de 2009 às 10:21
(Não falei na inteligência e no talento, por me parecer boçal de tão óbvio...)
De ritz_on_the_rocks a 30 de Abril de 2009 às 21:05
..olha ...tirou-me as palavras da boca... que diacho!!!!
Lol
bj grande e Parabéns

gosto de ser tua amiga
Rita
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:12
É recíproco, minha querida.
Um beijo grande

(gosto dessa nova mania do "que diacho"... fica-te bem!) :-)
De Manuel Teixeira a 30 de Abril de 2009 às 10:13
Aqui vai o meu beijinho à Dona e o meu abraço ao Blog pelos 2 anos de vida !

Manuel Teixeira
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:14
A Dona agradece e fica muito contente por V.Exa ter descido ao povoado! E, já agora, agradece também publicamente as preciosas dicas para posts que V.Exa vai mandando...

Um beijinho
De Luis Serpa a 30 de Abril de 2009 às 10:49
Ora então muitos parabéns, e que daí venham mais vendavais, tão bons.
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:15
Vendavais que enfunem velas mas que não afundem veleiros, Luís... em mares-olhares, de preferência.

Obrigada. :-)
De Pitucha a 30 de Abril de 2009 às 11:02
Parabéns e venham mais.
Beijos
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:16
Obrigada, Pitucha.
Conto contigo sempre.
Beijo
De Pedro a 30 de Abril de 2009 às 11:09
Muitos Parabéns - embora não o acompanhe desde o início, faço do Porta uma leitura diária! Felicidades (curiosamente também festejo o hoje um segundo aniversário!).
De Ana Vidal a 30 de Abril de 2009 às 16:07
Então somos gémeos, Pedro! Muitos parabéns também para si (entre outras coisas, pela felicíssima escolha do nome para o seu blogue)

Um beijo
De Pedro a 30 de Abril de 2009 às 16:31
Expressei-me mal: o meu segundo aniversário nada tem a ver com o blog - é algo mais íntimo, mas não deixa de ser um aniversário duplo! ;)
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:16
Parabéns na mesma, ou talvez ainda mais, então... ;-)
De CNS a 30 de Abril de 2009 às 11:59
Parabéns Ana. Por esta magnifica porta, à qual me habituei a passar todos os dias e a ficar em "pleno vento".

um beijo
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:18
Obrigada, querida Cristina. Também eu passo sempre pelo magnífico Deserto, que me enche a alma sempre.

Um beijo
De marie tourvel a 30 de Abril de 2009 às 12:56
TEm pic-pic hoje na Porta do Vento... A minha amiga Ana, que de tanta generosidade e graça, consegue fazer deste blogue o mais gostoso espaço da blogosfera.
Querida, parabéns e muito obrigada por fazer parte da minha vida -o blogue e a dona do blogue. ;)

Beijos e mais beijos!
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:21
Mariezinha, tu és uma parte insubstituível deste pic-pic! Graças a ti, os bilionários portugueses ficaram muito mais interessantes e já não falam só de dinheiro...

Um grande beijo atlântico, minha amiga.
De Grande Jóia a 30 de Abril de 2009 às 13:42
Parabéns, Ana! Está de parabéns a anfitriã que recebe os visitantes de peito aberto e lhes estende a mão da sua amizade. A Porta do Vento é um espaço diversificado, simples e divertido. Aqui não há peneiras e quem vier por bem, nesta casa ficará. Numa época em que a blogosfera se tornou um meio de dizer disparates e agredir sem graça, eu felicito-a por ter graça e seriedade moral.
Como nada se faz por acaso, pessoas boas atraem coisas boas. Parabéns à Porta do Vento, hip, hip, hurra!
Abraço.


De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:24
Que bom ouvir isso, Grande Jóia. Sorte tenho eu em ter-vos, a todos, como comentadores e amigos. Um espaço sem peneiras e divertido é tudo o que se pretende que seja esta Porta. Sempre aberta para entrarem os amigos, mas sem vontade de se abrir para eles sairem.
Um beijo

À nossa!
De Luísa a 30 de Abril de 2009 às 13:59
Querida Ana, faço minhas as palavras da Rita. A Porta do Vento é tudo isso que a Rita diz e não acho agora – cheguei a temê-lo, como sabe – que tenha perdido um átomo da sua personalidade inicial, porque a Ana está sempre presente e mantém a «coerência». E as caixas de comentários são também muito divertidas, porque os seus leitores dão uma grande animação ao debate. É, naturalmente, a minha segunda casa na blogosfera, mas se a procuro, não é tanto porque aqui janto todos os Domingos, como porque gosto imenso do ambiente que a Ana aqui criou desde o primeiro dia e a que todos correspondem espontaneamente. Um beijinho de parabéns. Dois anos na blogosfera já é considerado obra. Mas na Porta é apenas mais um ano que passa por uma casa que há-de durar muitos… e bons!
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:28
Muito obrigada, Luísa. É um luxo tê-la aqui connosco, acrescentando jantares sofisticados (e certeiros, e divertidos) à agenda e ao ambiente do Porta, e pondo alguma ordem e sensatez neste bando de gente muitas vezes explosiva, em que naturalmente me incluo.

E outro luxo a sua amizade, mais importante ainda. ;-)
Um beijo, e que venham muitos jantares!
De João Paulo Cardoso a 30 de Abril de 2009 às 13:59
Muitos, muitos parabéns ao "Porta do Vento"!!

Tem sido um incomensurável prazer privar com um lote de pessoas mais estimulante que uma piscina de café e mais inteligente que uma corsa no meio da tempestade.

E como cereja fora de prazo no topo do bolo, até tem um mentecapto armado em Benny Hill às sextas-feiras, o que consubstancia tolerância pelas mais bizarras idiosincrasias e garrido kitsch.

Esse pormenor à parte, respira-se classe aqui, acho que é qualquer coisa que já vem agregado ao apelido Vidal.

Tem sido um excelente trabalho, cara Ana.

Longa vida a este iogur... a este blog pelo qual tenho muito carinho!



De Mad a 30 de Abril de 2009 às 14:48
LOL!
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2009 às 15:41
Querido JP, as corsas em fuga (da piscina de café?) adoram ter-te por cá, já sabes. O iogurte não dispensa o seu Casei Imunitas de serviço e o Benny Hill, se fosse vivo, não resistiria a plagiar-te constantemente. :-)

Tem sido um prazer, caro João Paulo...
Um beijo para ti

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds