Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

Sou sincera

Rita Ferro

 

 

A L E G R I A

 

Voto no candidato à presidência da Câmara

que me faça surpresas destas

em Santa Apolónia ou no Rossio.

 

Ou no Partido. Ou no Primeiro-ministro.

Ou no ministro da Cultura.

Ou da Educação.

 

Voto em qualquer coisa em Portugal

que ultrapasse as minhas expectativas. 

 

E isto foi na Bélgica, meninos.

Na Bélgica!

O país mais soda do Mundo e,

apesar disso,

de vez em quando

transcende-se!

 

Quando foi a última vez que nos expandimos

desde os Descobrimentos?

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 09:30
link do post
64 comentários:
De Patricia da Cunha a 29 de Abril de 2009 às 10:33
Prima Querida

Não posso estar mais de acordo contigo.
E mesmo quem não era soda, em soda se tornou!!!!!
Até logo
Beijos
Patricia
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 12:27
Até já, prima do coração. Moche aos sodas!
De Jorge Antunes a 29 de Abril de 2009 às 10:52
Olhe Rita Ferro,
Encontro pouco mérito neste vendaval dançante. Os meninos Von Trapp (em Portugal trocariam os "p" por um "c") e a sua preceptora noviça eram gente alegre, que saltitavam pelos campos quais cabras montesas. O grande desafio era esta energia ao som do Edelweiss e do sr . Plummer e daquele friso de austríacos que viveriam o anschluss .
Estação Sul Sueste, 07.30h . Música a puxar a dança: Povo que lavas no rio. Que desafio...
Vou ali dançar um pouco e já volto.
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 12:31
Eu cá gosto de cenários, Jorge Antunes. De cenários! Sejam nos alpes sejam nas estações de caminhos de ferro! Se as coisas são verdade ou mentira já é outra história! E quanto ao mérito, Jorge, vou ali já venho (dançar). Quantas vezes independe da alegria e da própria Arte! Sim, vá dançar, Jorge. Mas leve-me consiiiiigooooooooooo.......
De Jorge Antunes a 29 de Abril de 2009 às 13:27
Não sei, RF, não sei. Temo que a sua agitação mais frenética perturbe a minha imobilidade mais sedentária. Não estou habituado a tantas emoções, a rodopiar com escritoras num qualquer recinto...
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 13:39
Ora, Jorge, isso de escritora ou autora são designações mais para os recibos verdes! Eu no fundo gosto é de dançar ye-ye! O quê? Não me digam! Estão aqui a dizer-me que já ninguém dança ye-ye... Incrível! Uma pessoa distrai-se por um segundo e precipitam-se a ceifar-nos as referências! Patifes! Bandidos! Chapéus há muitos!
De Ana Vidal a 29 de Abril de 2009 às 11:17
Isto foi uma iniciativa em várias cidades do mundo, Rita. Acho que começou em NY, mas não tenho a certeza.

Mas uma coisa te digo: se até os belgas, esses cepos, alinharam na dança, então a esperança ainda não está perdida. O "Povo que lavas no rio" é uma excelente hipótese, como diz o Jorge Antunes... prevejo horas trepidantes em Sta Apolónia!

beijos
(gostaste das cores?)
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 12:44
Adorei as cores da ALEGRIA, obrigada pelo arranjo gráfico! Mas olha que, segundo a informação que acompanha o filme, esta coreografia específica, recentíssima, decorre de um casting para um programa de televisão local em que se procuravam protagonistas para o musical «Música no Coração»! Não estarás a fazer confusão com outra coisa? Ao lado deste filme havia outras produções parecidas, lá isso havia... Mas não interessa: é giro ou não é? Se acontecesse comigo estragava tudo: fazia ruir o cenário como garrafas de bowling por não resistir a misturar-me com os dançarinos verdadeiros e a desatar aos saltos descontrolados! Quem sabe ainda tornava este filme mais engraçado? Uma senhora de idade armada em sexy tentando a macarena - já viste a cena? Ah, que importa o escândalo se o prazer é nosso? LOL
De Grande Jóia a 29 de Abril de 2009 às 11:57
Penso que a Ana está certa. Julgo que foi em Londres na Paddington Station que vi, pela televisão, um espectáculo idêntico.
Os actores estavam espalhados e iam surgindo como se fossem passageiros. Toda a peça se desenrolava naquele palco.
O interessante é sentir a surpresa e a participação de quem passa. Duvido que aqui se conseguisse o mesmo, mas tentar não custa.
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 12:55
Grande Jóia, alinhe connosco: meninos e meninas da Porta do Vento, todos ao Rossio este Domingo, às dez da manhã, de shorts e sapatilhas, ensaiar o «staying alive»! Das fichas de inscrição será sorteado um cruzeiro às Caraíbas para três adultos! (Isto para variar do casalinho clássico, que já enjoa :-)))
De Grande Jóia a 29 de Abril de 2009 às 12:03
Voltei para fazer um pouco de publicidade ao evento que se segue. Vai acontecer no dia 9 de Maio, é na Estação de São Bento no Porto, é a favor do Espaço T e trata-se do Baile da Rosa.
Desculpem o abuso, mas estavamos a falar de iniciativas numa Estação e lembrei-me de mencionar esta.
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 13:35
Sei muito bem, Grande Jóia, o proverbial Baile da Rosa! É organizado por uma senhora que conheço bem. Se estivesse mais magra puxava do vestido mais bonito do meu guarda-vestido e ia, juro que ia! Mas assim, olhe: contento-me em levar tampas do Jorge Antunes!
De Ana Vidal a 29 de Abril de 2009 às 13:44
Tem alguma coisa que ver com o Baile da Rosa da prima Carolina do Mónaco?
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 15:24
Não sei, vou ligar: «Allô? C'est toi, Caroline?»
De Ana Vidal a 29 de Abril de 2009 às 15:35
E la p'tite Caroline vai responder: C'est moi, Lou Lou.
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 15:46
E a maninha Steph vai-se meter: «cu-cu...»
De pássaro a 29 de Abril de 2009 às 12:52
O corpo e o movimento sempre fizeram parte da nossa natureza e na dança sinto-me em união comigo própria, com o outro ou outros. Bela imagem de partilha, gostaria de a viver. Agora votar só em alguém que me faça sentir que tudo ainda é possível, partir para o futuro. O que amanhã se fará amanhã se verá...Mas agitada pela alegria a minha respiração é ofegante e os meus olhos brilham como chamas
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 13:41
Pássaro, se não é escritora corra: talvez tenha chances com o Jorge Antunes!
De pássaro a 29 de Abril de 2009 às 15:35
O Jorge Antunes pareceu-me sedentário e eu sou pássaro, mesmo no chão, não sou escritora e se desço à escrita é para comunicar consigo a minha imaginação que dança e voa
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 15:55

Quem será você? Hummmm....
De ritz_on_the_rocks a 30 de Abril de 2009 às 21:43
Rita ..Rita .. com os olhos em chamas tenho algum medo do que possas descobrir ..eu se fosse a ti à cautela ...ía a pé ... sem grandes rodopios.
:-)
De Luísa a 29 de Abril de 2009 às 13:54
Por mim, alinho, Rita, com uma única pequena reserva: sinto que as dez horas da manhã de Domingo são horas de ginástica, mas não de alegria. Permito-me sugerir as quatro ou cinco da tarde. Aí já estaria acordada… e o Rossio cheio de gente! ;-D
Mas para que isto aconteça, no Rossio, em Santa Apolónia, num Terreiro do Paço sem obras, um pouco por todo o lado, acho que só a Rita concorrendo à Câmara. Aí, sim, tínhamos certamente surpresas diárias, e algumas provocações pelo meio, para não nos deixarmos amolecer. Seria para mim um prazer poder confiar-lhe o meu voto. ;-D
(Nota receosa: creio que há um outro candidato à Câmara que pretende devolver a alegria a Lisboa. Será de fiar?)

De Anónimo a 29 de Abril de 2009 às 15:29
Sim, Luísa, sem dúvida: esse candidato é de fiar numa roca e fazer dele enxovais de noiva :-))) Mas a minha alegria é tanta que farei dois turnos de dança: um de manhã, para os madrugadores, outro à tarde, consigo. Quem alinha?
De Ana Vidal a 29 de Abril de 2009 às 15:36
Eu quero o turno da noite. Os moços são mais jeitosos, já me disseram.
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 15:47
Pronto, Luísa: sai um turno da noite para a mesa da Ana. Com ou sem ovo?
De ritz_on_the_rocks a 30 de Abril de 2009 às 21:45
...cosido ? ... ou estrelado?
De ritz_on_the_rocks a 30 de Abril de 2009 às 21:47
... cozido? ... ou estrelado?
De Pitucha a 29 de Abril de 2009 às 14:00
Sou sincera: o que me impressionou é a Rita e a Ana acharem que há esperança para Bruxelas...
Deus as ouça.
Meanwhile, já estou preparada para o ensaio. Venham saí os passos...
;-)
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 15:31

Nunca se sabe, Pituxa! Eu sou das que acredito em tudo menos na minha capacidade de enriquecer trabalhando!
De Ana LA a 29 de Abril de 2009 às 14:14
Além de refrescante ajuda à linha. Menos dieta para fazer, mais um bolito que se pode comer. Que cena, meu. Lindo. Eu cá dançava.
E já agora, não voto há 20 anos, mas com esta medida até ia lá, Voltava a esperança e crença nos políticos Bjos
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 15:31

Domingo lá te espero, bambina. Leva os reluzentes, ouvistessss?
De João Paulo Cardoso a 29 de Abril de 2009 às 14:30
Porque razão tanta animosidade para com os belgas?

Efectivamente as bolachas com o mesmo nome não são nada de especial, mas em relação ao país...

Estive por lá em 1999, numa das poucas viagens que fiz, e as diferenaças em relação à terrinha (para melhor) evidenciaram-se logo no aeroporto...

É verdade que vivem algo amorfos nos seus castelinhos medievais e que, de quando em vez, alguém se passa da cabeça e desata a cometer crimes sortidos, mas...

Às vezes, o que precisamos neste mundo, é assentar o rabo numa praça, ouvir boa música e saborear um Godiva.


Beijos.
De Rita a 29 de Abril de 2009 às 15:40

Não diga mal das Belgas, que eu adoro as de chocolate!

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds