Sábado, 21 de Março de 2009

Olá, Primavera!

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 21:35
link do post
12 comentários:
De Pedro Barbosa Pinto a 21 de Março de 2009 às 23:30
De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa a Ana vem atrasada. A Primavera já começou ontem, dia 20, às 11h44m.
E de acordo com uns melros que vivem o meu jardim, vem atrasadíssima, porque eles já a gozam pelo menos há uns bons quinze dias :-)

Beijinho
De Ana Vidal a 21 de Março de 2009 às 23:36
E de acordo com as minhas alergias, que devem ser da família dos seus melros, já começou há coisa de um mês! ;-)

Beijinho, Pedro

(aqui entre nós, gosto muito mais do Outono...)

De Luísa a 22 de Março de 2009 às 00:58
E segundo a pardalada das minhas traseiras, já começou há uns 365 dias.
Também gosto mais do Outono, Ana, mas essa Primavera da sua fotografia está gloriosa! :-)
De Ana Vidal a 22 de Março de 2009 às 01:06
Uma beleza, não é? Um autêntico Van Gogh! :-)
De Si a 22 de Março de 2009 às 00:59
Só a Natureza tem a sapiência suficiente para utilizar desta maneira a paleta com que pintou este cenário.
Venha a Primavera em força, de dias mais longos, azuis e verdes intensos!
De Ana Vidal a 22 de Março de 2009 às 01:09
Venham eles. A Natureza é uma artista, não há dúvida.
De maria a 22 de Março de 2009 às 10:18
o pintor doido anda à solta!!!!!
e ainda por cima anda nos rôxos e amarelos!!! como eu gosto deste pintor :::))))
xi
maria de são pedro
De Ana Vidal a 23 de Março de 2009 às 00:01
Bem-vinda, Maria.
De mike a 22 de Março de 2009 às 21:50
Ó Ana, a foto está fantástica, mas ambos sabemos do que o photoshop é capaz de fazer. (risos)
E também sabes que eu não gosto nada desta prima. ;)
De Ana Vidal a 23 de Março de 2009 às 00:04
Não sei se a fotografia tem photoshop, mas sei que esta prima (de que ambos não gostamos especialmente) é talentosa... bom fim-de-semana lá pelo norte?
De fugidia a 22 de Março de 2009 às 23:07
Sim, chegou: finalmente a sementinha mais nova pode dizer com propriedade que "já não há invéno".
YES!
:-)


De Ana Vidal a 23 de Março de 2009 às 00:05
:-)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds