Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Porque hoje é... Понеделник

 

Os meus actores favoritos:

 

Gabriel Byrne

 

 

publicado por Ana Vidal às 00:14
link do post
8 comentários:
De Luísa a 9 de Março de 2009 às 01:20
Tenho-o visto nalguns papéis secundários e gostei da sua representação nos Suspeitos do Costume. É um actor discreto, competente (o Mike vai certamente gostar do uso deste adjectivo) e interessante, a que acho um ar afrancesado (não sei porquê). Fiquei muito surpreendida quando li, há pouco, na Wikipédia, que foi várias vezes considerado um homem muito «sexy» e uma celebridade muito «hot». Aí, confesso que não chegava. Mas como não é por esse prisma que temos de o comentar, está aprovado! ;-D
De Ana Vidal a 9 de Março de 2009 às 02:33
Tem graça, Luísa, também acho que ele podia ser francês, mas é irlandês.
Mas eu, sem o achar muito "hot", acho que ele tem imenso charme (discreto, é certo) e... sim, que é sexy. :-)

E é um bom actor. "Os suspeitos do costume" e "A Ponte de São Luís Rey" são bons exemplos disso.
De João Paulo Cardoso a 9 de Março de 2009 às 13:44
Sempre o achei o Bryan Ferry do cinema e sim, isto é um elogio.

Beijos.
De Ana Vidal a 9 de Março de 2009 às 18:49
Também acho que é, JP...
beijos
De rita ferro a 9 de Março de 2009 às 15:54
Até que enfim, Ana. Tu fazes-te :-))
De Ana Vidal a 9 de Março de 2009 às 16:54
Eu? Ele é que se faz... é uma questão de tempo! ;-)
De mike a 9 de Março de 2009 às 23:20
Ela faz-se sim, Rita. É só darmos-lhe um bocadinho mais de tempo. (risada)
De Rita Ferro a 10 de Março de 2009 às 01:06
Está tudo doido, aqui! Vão ver ao Youtube a última série da HBO, em cena nos EUA com estrondoso sucesso, «in treatment», em que ele faz de psiquiatra, e vejam a subtileza do desempenho dele! O homem é espantoso. Invejosos! Bandidos! Mike, vc como congénere é miserável! LOL

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds