Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Descubra as diferenças



É impressão minha ou o novo ministro da cultura é igualzinho ao marido da princesa Carolina do Mónaco? Experimentem vê-lo com um ar mais blasé e um copo na mão (sempre um copo na mão...) e digam-me lá se não tenho razão.
Espero é que as semelhanças se fiquem pelo físico...
(Dizem-me que eu tenho a mania das parecenças, e deve ser verdade)

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 14:03
link do post
12 comentários:
De Teresa a 4 de Fevereiro de 2008 às 23:22
Dá ares, sim senhora. Com um não sei quê de Luís Nobre Gudes à mistura. Fica um híbrido.
De av a 31 de Janeiro de 2008 às 02:14
boa, vai pondo a mesa... os travesseiros já estão no forno!
De Sofia a 31 de Janeiro de 2008 às 01:43
Olha que tens olho para estas coisas, miúda...
O jantar já está pronto... é só aparecer...
beijinhos
De av a 31 de Janeiro de 2008 às 00:19
Ah, estou a ver!
Pois é, não se pode acertar em tudo. Mas também não errei em tudo, pelos vistos. Só numa das personagens... certo?
Beijinhos
De JuliaML a 31 de Janeiro de 2008 às 00:13
Errou redondamente no alvo,está a ver?

não se pode acertar em tudo :-)

beijinho e nada de invenções
De av a 31 de Janeiro de 2008 às 00:06
Júlia,
LOL... então porquê? Será o que eu estou a pensar??
Tenho mesmo que tirar isso a limpo!
Beijinhos e bagos de arroz
De JuliaML a 30 de Janeiro de 2008 às 22:58
Tirando a "couperose", consequência da tal copofonia, são quase fotocópia,sim! Boa fisionomista,hein, Ana?

:-)

PS (off topic)- se eu a apanho, mato-a, sabia?
De Pitucha a 30 de Janeiro de 2008 às 21:05
Olha que é mesmo!
Beijos
De Capitão-Mor a 30 de Janeiro de 2008 às 18:48
Bom, se o gajo se lembra de bater em toda a gente é que está tudo tramado! :)
De JP a 30 de Janeiro de 2008 às 18:13
Tomo boleia da tua linha de raciocínio: Seria mau que, além da cara de um ser o focinho do outro, também a massa cinzenta pesasse o mesmo.

Beijos.

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds