Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

Direito de resposta

 

Por contraponto àquela piada que circula na net sobre esta interessante receita de bacalhau:

 

Ingredientes: Mulher, bacalhau, espinafres, broa de milho, azeite, alho, cebola, batata e sal.

Modo de preparação: meta a mulher na cozinha com os ingredientes e feche a porta.
Espere duas horas e seja servido.
Bom apetite.

 

recebi hoje, por mail, uma alternativa exótica e saborosa que recomendo:

 

Ingredientes: Homem, morangos, champanhe, jornal, comando de Tv.


Modo de preparação: Junte o jornal, o homem e o comando da tv, ponha tudo no sofá da sala e feche a porta.

Saia calmamente e leve os morangos com o champanhe para casa do vizinho giraço.

Bom apetite.

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 22:43
link do post
25 comentários:
De mike a 27 de Janeiro de 2009 às 23:50
Hum... ó Ana porque será que prefiro infinitamente a primeira receita? Menina, até se me abriu o apetite. :-)
Olha, sabes que mais? vou para a sala com o jornal e o comando da tv e esperar (sentado, claro!) que a mulher me traga o comer. (risos)
De Ana Vidal a 28 de Janeiro de 2009 às 00:03
Mike, tens vizinhos? Então aconselho-te a deixar a porta aberta e tirar os olhos da televisão de vez em quando, não vás ficar à espera inutilmente... sentado.

De mike a 28 de Janeiro de 2009 às 00:11
... ó eu, sentado, ainda à espera do comer... (risos)
Será que deu uma coisinha má à mulher lá na cozinha? (mais risos)
De Ana Vidal a 28 de Janeiro de 2009 às 00:34
Lamento informar-te, Mike, mas parece-me que lhe deu antes uma coisinha boa...
De mike a 28 de Janeiro de 2009 às 23:14
Ora bolas... então a coisinha boa não era para ser dada a mim?
De Teresa Ribeiro a 28 de Janeiro de 2009 às 00:34
Adorei a receita (a segunda, claro!) O pior é que isto está escasso quanto a vizinhos giraços!!
De Ana Vidal a 28 de Janeiro de 2009 às 02:08
Humm... Teresa, é uma questão de aumentar a dose do champanhe! ;-)
De patti a 28 de Janeiro de 2009 às 10:04
Nós somos terríveis na vingança. Metemos logo os vizinhos ao barulho.
De Ana Vidal a 29 de Janeiro de 2009 às 01:11
:-) É verdade, Patti.
De Pedro Barbosa Pinto a 28 de Janeiro de 2009 às 10:23
Ana,

à segunda receita aconselho que junte mais dois ingredientes. Um novelo de lã e umas agulhas. 'Por si acaso'... entende? Não vá o vizinho giraço gostar de fazer tricôt.
De Ana Vidal a 29 de Janeiro de 2009 às 01:13
Ora, Pedro, uma mulher não cai nesses erros estratégicos! Não se sai de casa por um vizinho que se entretém com tricot, quando tem outras alternativas...
De SC a 28 de Janeiro de 2009 às 10:44
E que bela resposta, se o homem for dos que usa essa receita de bacalhau. Eu acrescentaria ainda um "e não volte" logo a seguir ao "vizinho giraço". Mas eu nunca sigo receita nenhuma à risca.
Beijinho!
De Ana Vidal a 29 de Janeiro de 2009 às 01:15
Eu também não, Catarina. Na cozinha tem de haver criatividade, não é?
Beijinho
De Grande Jóia a 28 de Janeiro de 2009 às 13:12
E se o vizinho giraço já tiver comprado os morangos e o champanhe? Só temos de fechar a porta e aposto que quando regressarmos o jornal e o comando estarão na mesma posição e o homem levantando os olhos dirá: "estiveste tão calada que nem dei por ti".
De Ana Vidal a 29 de Janeiro de 2009 às 01:18
Isso é melhor ainda, GJ. Não é recomendável facilitar de mais a vida ao vizinho giraço, ou ele transforma-se rapidamente num entusiasta da receita de bacalhau.
De marie tourvel a 28 de Janeiro de 2009 às 13:53
E olha que eles ficam tão entretidos nos jornais e na TV que não precisa nem ser vizinho, viu, Ana. Basta morar na mesma cidade. :)))))

Beijos, querida.
De Ana Vidal a 29 de Janeiro de 2009 às 01:20
Pode ser até na periferia, Marie. Se o programa de televisão for de futebol, a duração é interminável.

Beijinhos
De Luísa a 28 de Janeiro de 2009 às 14:21
A Marie Tourvel responde às apreensões, que também partilhava, da Teresa Ribeiro: com a vizinhança ampliada ao perímetro urbano, a receita ganha outra versatilidade e renovado interesse. Obrigada, Ana: já a passei para o meu dossiê com referência de «muito bom». :-D
De Ana Vidal a 29 de Janeiro de 2009 às 01:24
Também já está no meu livro de receitas, Luísa. No sector das sobremesas, com a categoria de "fácil e delicioso". :-)
De Carlota a 28 de Janeiro de 2009 às 15:03
Parece-me uma resposta muito à altura.
Vou ter mais atenção aos pormenores na próxima vez que tiver de mudar de casa, pois aos jornais e à televisão, juntam-se agora também os computadores portáteis, as consolas de jogos, os PDAs e os iPhones com wi-fi. Estou à beira de uma apoplexia!
De Ana Vidal a 29 de Janeiro de 2009 às 01:26
Carlota, quantos mais forem os gadgets mais longe pode morar o vizinho... há que tirar partido da tecnologia! :-)
De fugidia a 28 de Janeiro de 2009 às 19:02
Hã... e chantilly, pode-se acrescentar à segunda receita? E, já agora, um pouco de chocolate?
:-p
De Ana Vidal a 29 de Janeiro de 2009 às 01:27
Claro que pode, Fugi. A receita é ao gosto do freguês... :-)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds