Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

Novidades do sitemeter

 

Há muito tempo que não passava pelo sitemeter a saber das novidades. Encontrei dúvidas existenciais lancinantes, questões estéticas, gramaticais e culinárias, e até uma informação prática. Já que me procuraram, tentei responder a todos.  Espero ter ajudado...

 

 

Filho com namorado pais nao gostam?

Normalmente não adoram, não... são esquisitices, sabe?

 

Eu conto ou não que gosto dele?

Isso é lá consigo, amiga, mas decida-se. Ou será... amigo?

 

O que fazer os pais quando não gostam do namorado da filha?

Deserdá-la. E se ela teimar, mandá-la para um convento. Resulta sempre, é limpinho.

 

Quais os animais que não precisam respirar?

Os de peluche. (também há os que não mereciam respirar, mas isso é outra história).

 

Amigos perdoam aniversário?

Se os convidar para a festa, não vejo por que não hão-de perdoar. 

 

Quando pintamos che guevara, como chama a pintura?

Óleo, acrílico, aguarela, gouache... é conforme.

 

Porta salgada para ver

Ainda bem que é para ver, se fosse para comer não aconselhava.

 

La la laia,oh delicia/letra

Largue a droga, amigo...

 

Cronica sobre a chuva de granizo em perdões

Em "paredões" faz mais barulho, mas não é tão poética.


Dimenção de uma trave de futbol

Uma data de sentímetros, mas não cei quantos... 

 

Poemas de converção

Primeiro dedique-se ao português, que está fraquinho. Depois pense na matemática poética.

 

Como se faz o plural da palavra úlcera duodenal?

Das duas, uma: ou existe aí um sério problema com os plurais, ou você precisa de óculos... "úlcera duodenal" parece-lhe só uma palavra?

 

Menopalsa

É uma chatilce, pois é.

 

Ponto de fulga

Qualquer um serve para fulgir da menopalsa.

 

Estado civil no plural?

Divórcio, claro... quando os dois, que eram um só, passam a ser dois outra vez.

 

Tradução ne me quitte pas

Não me deixes, pá. Serve?

 

Beijo com chocolate

Sabe melhor ainda, acredite.

 

O cheiro do vento em áfrica

... depende da hora a que passa a manada de elefantes.

 

Precisa-se flautista autista

Para tocar para dentro?

 

Alugo quarto lisboa discreto hora

Ora aí está uma informação útil. Já agora... com ou sem brasileiras lá dentro?

 

 

publicado por Ana Vidal às 23:06
link do post
45 comentários:
De mike a 12 de Novembro de 2008 às 00:37
(gargalhada sem fim)
Menopalsa????? (sem conseguir parar de rir)
É melhor fazer uma palsa, senão sufoco. Aiiii que rebolo... :-)
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 13:18
Vá lá, componha-se, menino... :-)
De fugidia a 12 de Novembro de 2008 às 06:49
Ah, eu gostei mesmo do quarto discreto... e penso que deve ser uma questão a analisar com muito carinho pela CML (que bem podia criar uns locais, tipo casinhas de wc pública em formato de caixas de telefone, para a "malta" poder dar uns beijinhos sossegados, ora!)
:-)))
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 11:25
Boa ideia, Fugi. Mas com paredes de vidro, claro, que a malta que está de fora anda tristonha e precisa de distracção! ;-)
De fugidia a 12 de Novembro de 2008 às 22:06
lol lol lol

Não queria mais nada, minha senhora? :-p
Hum... e no entanto... podia ter a sua graça, pelo menos enquanto fosse eu a espreitar :-p
De Pedro Barbosa Pinto a 12 de Novembro de 2008 às 10:26
ROFL
Precisei de quase meia hora para conseguir chegar ao fim do post!
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 11:23
Caro Pedro, espero que não tenha sido por ter adormecido...

Volte sempre, este blogue é um réxóssé às suas ordens. :-)
De Pedro Barbosa Pinto a 12 de Novembro de 2008 às 11:49
Adormecido?
ROFL = Rolling On the Floor Laughing.
E ainda que fosse um 5º andar dum prédio sem elevador, faria questão de continuar a passar por cá :-)
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 13:21
MOQC = Muito Obrigada Querido Comentador.
Mas é mesmo um réxóssé, basta saltar a janela! :-)
De sofia k a 12 de Novembro de 2008 às 11:30
Olás!!!!!!!!!!!

há com cada uma! 'la la laia'? Essa até podia ter sido eu a pesquisar, que nunca sei as letras! LOL Mas não fui...

beijos
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 13:22
Olha a minha loira preferida... por cá?
(loira mas não burra, note-se!)

Beijinhos
De marilia jackelyne a 12 de Novembro de 2008 às 12:16
Hilário - definitivamente.


O plural de úlcera duodenal...

Será que esse indivíduo tem dois duodenos????
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 13:24
Há gente muito estranha, Marília. Dois duodenos não sei se tem, mas cérebro... nem um!

(espero que não se zangue comigo por causa das brasileiras, querida...) ;-)
De Mialgia de Esforço a 12 de Novembro de 2008 às 12:33
Minha Çenhora,

Axu de munto mau gôsto que a çenhora fassa trossa de quem se esforssa em prole da lengua portugueza.

Estou envergunhado porque os seus cumentárius fizeramme rire basto.

De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 13:30
Eu sei, Mialgia, eu sei... vou parar ao inferno, é garantido! Antes assim. O que ia eu fazer para o céu? Não conheço lá ninguém... ;-)

(Mas cheira-me que vou encontrá-lo por lá também...)
De Mialgia de Esforço a 12 de Novembro de 2008 às 15:06
No Inferno há-se ser difícil, derivado de eu ser um rapaz muito atilado.

Fora isso, espero ainda vir a ter o subido prazer de a conhecer.

De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 17:06
Hummm, Mialgia, acho melhor não... derivado a eu não querer ser responsável pelo desvio de rapazes atilados que ainda tenham alguma hipótese de chegar ao céu! ;-)



De João Paulo Cardoso a 12 de Novembro de 2008 às 13:48
A senhora tem um sentido de humor absolutamente excitante.

Inclusive a merecer um post em sua honra no "Eldorado".

Fiquei tão envergonhado com a ousadia que resolvi comentar este post tratando-a por "você".
:)

Beijos.
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 17:09
Vou a correr para lá!
Como é que se resiste a alguém que acha o nosso sentido de humor "excitante", ainda por cima se é daquelas raras pessoas que nos faz rir??

"Você" não perde pela demora, JP!
De Luísa a 12 de Novembro de 2008 às 13:58
Ana, são respostas muitíssimo bem dadas. Não sei como funciona o «sitemeter» mas presumo que terão sido comentários lá feitos a anteriores «posts» seus. A série que se inicia com a questão da «dimenção» da trave de futebol está verdadeiramente «assassina», mas é provável que o destinatário «morra» sem saber porquê. ;-)
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 17:14
Confesso que também não sei exactamente como funciona, Luísa, mas são palavras-chave (digitadas nos motores de busca) que trazem as pessoas aos nossos blogues... como e porquê, não faço ideia! De vez em quando divirto-me a passar pelo sitemeter, e é a única utilidade que lhe encontro. :-)

De Paulo Cunha Porto a 12 de Novembro de 2008 às 14:25
Ahahahahaha!
Mas beijo com chocolate não é enjoo certo?
Beijinho (puro, sem aditivos)
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 17:16
Ora, Paulo... o que é doce nunca amargou!
De patti a 12 de Novembro de 2008 às 15:07
Olhe Ana, ao menos não se pode queixar da monotonia das search words do google, que vão parar ao seu blog.

Já eu: maduras casadas e taradas; viúvas e taradas; o que é um umbigueiro?

Sei lá eu o porquê!!
De Ana Vidal a 12 de Novembro de 2008 às 17:17
Credo, Patti! Disso nunca passou por aqui, que eu saiba... mas monotonia não tenho, de facto. :-)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds