Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008

Oldies (11)

Houve um tempo em que eu ouvi este álbum - Between the lines - até à exaustão. Até saber de cor cada palavra, cada acorde, cada pausa de Janis Ian. Recebi este disco de presente, em circunstâncias muito especiais, num tempo em que as canções falavam por nós, em códigos secretos e com emoções à flor da pele. Depois, como tudo o mais, passou. Mas agora, vá lá saber-se porquê, voltou a apetecer-me ouvir esta voz delicada e cândida, estas canções que eu julgava já perdidas no mar morto da memória. Não estavam. E vejo que tudo isto resistiu ao tempo (a voz, as letras, as melodias), como sempre acontece com o que tem qualidade. Aqui ficam algumas das minhas preferidas, mas todo o disco é bom.

 

 

(Bright lights and promises)



(At seventeen)

 

(In the winter)

publicado por Ana Vidal às 22:19
link do post
12 comentários:
De fugidia a 29 de Outubro de 2008 às 22:31
:-)

Querida Ana, as músicas, muitas mesmo, têm esse significado e ocupam esse espaço que tão bem descreve.
Gosto das músicas que escolheu.
Um beijo :-)
De Ana Vidal a 30 de Outubro de 2008 às 02:26
Há uma que explica isso ainda melhor, Fugi: "Killing me softly". :-)
De fugidia a 30 de Outubro de 2008 às 06:44
Sim, explica.
Eu adoro essa explicação
De Luísa a 30 de Outubro de 2008 às 01:57
Ana: foi muito bom conhecer a primeira música e recordar a segunda e a terceira… Nestes dois últimos casos, aliás, recordar as músicas e as respectivas «circunstâncias». :-)
De Ana Vidal a 30 de Outubro de 2008 às 02:27
:-) Então ainda bem, Luísa.
De Mialgia de Esforço a 30 de Outubro de 2008 às 11:41
It was a nice walk down memory lane, Ana.

Há temas que nos seguem/perseguem ao longo da vida, mas a que melhor retrata a minha relação com a música é este:

Music was my first love
and it will be my last.
Music of the future
and music of the past.

To live without my music
would be impossible to do.
In this world of troubles,
my music pulls me through.

(John Miles, Music, 1976)

Eu sei que a letra é simplista, quiçá pirosa, e que o sr. Miles era do mais mainstream (oops! posso usar mainstream?), um half-pimba. Resta-me a consolação de que poderia ser bem pior (não dou exemplos para não ferir susceptibilidades).



De Ana Vidal a 30 de Outubro de 2008 às 18:49
Glad to please you, dear Mialgia.

Simplista talvez, mas não necessariamente pirosa. E ainda me lembro de que essa música (só rivalizando com o "Atlantis" e o "I'm not in love") era um dos slows que mais temíamos se nos calhava dançá-lo com um par de que não gostávamos, ou um dos que mais desejávamos ouvir quando acontecia o contrário. Ingenuidades dos teen... :-)

De Ana Vidal a 30 de Outubro de 2008 às 18:50
porque eram compridíssimas, claro.
De Mialgia de Esforço a 30 de Outubro de 2008 às 20:38
Ah, mas quanto à duração o Child in Time dos Deep Purple era imbatível :-)
De Ana Vidal a 30 de Outubro de 2008 às 22:03
É verdade, esqueci-me dessa! :-)
De Paulo Cunha Porto a 30 de Outubro de 2008 às 18:26
Os dois primeiros estão adequadíssimos, mas não era melhor esperar por 21 de Dezembro para ouvir o terceiro?
Beijinho, Querida Ana
De Ana Vidal a 30 de Outubro de 2008 às 18:41
Adequadíssimos a quem, Paulo? Estás a chamar-me "patinho feio"? LOL
Beijinho

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds