Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

100 nada

 

Estou...

 

100 tempo.

100 imaginação.

100 graça.

 

100 promessa de volta rápida, portanto. Será que esperam por mim?

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 18:40
link do post
40 comentários:
De Luísa a 16 de Outubro de 2008 às 19:42
Claro, Ana!!!
P.S.: O 100 na «promessa de volta rápida» deve entender-se como numeral e não como preposição, certo?
De mike a 16 de Outubro de 2008 às 19:50
A Ana que se livrasse que não fosse numeral, Luísa. Ela tem responsabilidades para com os seus leitores. Tem compromissos. E digo isto 100 risos. ;D
De Ana Vidal a 16 de Outubro de 2008 às 20:07
Eu já não pus a palavra "promessa" no plural para não ser lido assim, Luísa... lol
Mas volto, claro.
De mike a 16 de Outubro de 2008 às 19:48
100 palavras!
E 100 promessa de espera!
;-)
De Ana Vidal a 16 de Outubro de 2008 às 20:09
Então... 100 agradecimentos, Mike, sobretudo pela paciência de esperar. ;-)
De mike a 17 de Outubro de 2008 às 03:00
Safa que a menina está 100 humor... (risota)
De Ana Vidal a 17 de Outubro de 2008 às 12:29
Desta vez era numeral, Mike... lol
Espero que o bom humor seja a última coisa a abandonar-me!
De mike a 17 de Outubro de 2008 às 13:24
100 dúvidas que sim, Ana. :D
De Cristina Ribeiro a 16 de Outubro de 2008 às 20:54
É a Índia que a chama, ou é a ansiedade desse chamamento? :)
De Ana Vidal a 16 de Outubro de 2008 às 21:07
Ambas estão sempre presentes, Cristina... mas neste momento é mais cansaço do que outra coisa. :-)
De JuliaML a 16 de Outubro de 2008 às 21:42
e vais-te assim, 100 mais nada?

que lata!...
De Ana Vidal a 16 de Outubro de 2008 às 21:59
Eu não vou a lado nenhum... só não vou postar, para já, a não ser que surja alguma ideia entretanto. Mas vou respondendo, como vês... :-)
De JuliaML a 16 de Outubro de 2008 às 22:03
é bom, a gente relazar.

eu tenho andado tão cansada , que nem olho para o computador.
De Ana Vidal a 16 de Outubro de 2008 às 22:23
:-)
De mike a 17 de Outubro de 2008 às 03:02
Bah! Estas garotas de hoje já não são feitas da mesma fibra. Ou melhor, estão 100 fibra...
:-)
De Ana Vidal a 17 de Outubro de 2008 às 12:27
Mas não é o meu caro amigo que as prefere com mais banha do que fibra? Pensei... ;-)
De fugidia a 16 de Outubro de 2008 às 22:04
Minha querida Ana, depois do hilariante comentário que fez no meu recanto, 100 tempo, imaginação ou graça não está de certeza.
Quando muito está 100 tempo para nos aturar, provavelmente porque tem 1000 e uma coisas mais interessantes para fazer... pois
Faça-as, minha querida, que vamos esperar por si, tenho a certeza.
Beijinhos!
(ah, e boa viagem à Índia - ainda vai? - e à... lua )
De Ana Vidal a 16 de Outubro de 2008 às 22:21
Nada disso, Fugi querida: tenho sempre tempo (e gosto muito) de visitar os amigos e de responder-lhes aos comentários quando pr aqui passam. Quero é desobrigar-me de postar durante algum tempo (pode até ser só por um dia, já sabem como eu sou...), porque não tenho tido realmente tempo nem imaginação.

E não tenho mil e uma coisas mais interessantes para fazer... só UMA é assim, as outras mil não são tão interessantes... ;-)

(ir à Índia será lá mais para o fim do ano, mas à lua é sempre que posso escapar-me da terra!)
De fugidia a 17 de Outubro de 2008 às 06:17
Ainda bem...
De Manecas a 16 de Outubro de 2008 às 22:09
Esperar por ti, não depende do tempo, nem da imaginação, nem da graça, depende somente de ti...!!!

Assim que chegares...Avisa!

Muitos Beijinhos
De Ana Vidal a 16 de Outubro de 2008 às 22:23
És um querido, Manecas, como sempre.
Beijinhos!
De Anytime a 16 de Outubro de 2008 às 22:51
Volte quando quiser, Ana. Cá estaremos, atentos como sempre. Nada como uma pequena pausa, de vez em quando.
De Ana Vidal a 16 de Outubro de 2008 às 23:16
Thanks, Anytime. No stress, right?
De Teresa a 16 de Outubro de 2008 às 23:20
SEMPRE!!!

Bem sabes como é a minha vida, mas leio-te sempre religiosamente — posso é não comentar. Quase sempre (ressalva para certos temas, mas sabes disso), por absoluta falta de tempo.
De Ana Vidal a 17 de Outubro de 2008 às 00:04
Eu sei, claro. :-)
De patti a 17 de Outubro de 2008 às 00:38
100 problema Ana.

100 que note, volta-lhe a voltagem num ápice.

:)
De Ana Vidal a 17 de Outubro de 2008 às 01:29
Eu é que já não passo 100 vocês!
Obrigada, Patti. :-)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds