Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Porque hoje é... LUNEDI

 

Uma homenagem especial:

 

Paul Newman

 

 

 

publicado por Ana Vidal às 00:10
link do post
12 comentários:
De Cristina Ribeiro a 29 de Setembro de 2008 às 00:12
"Ecce Hommo"!
De JuliaML a 29 de Setembro de 2008 às 00:25
tão depressa não haverá outro com as mesmas caracteristicas. Era o meu preferido..

olha, eternezou-se!
De Luísa a 29 de Setembro de 2008 às 04:27
Um homem que parecia ser por dentro tão bonito como era por fora. Felizmente, vamos poder continuar a vê-lo, como sempre o vimos, sempre que quisermos. Uma excelente escolha, Ana.
De fugidia a 29 de Setembro de 2008 às 06:53
(supiro)

Belo...
De Huckleberry Friend a 29 de Setembro de 2008 às 10:52
Anteontem, ao ouvir a triste notícia, pensei: a Ana vai pô-lo no blogue. Acertei e ainda bem. Beijinhos.
De marie tourvel a 29 de Setembro de 2008 às 11:52
Ai, Ana, querida, era meu modelo de homem bonito. Em todos os sentidos. Bela homenagem. Um beijo!
De miguel a 29 de Setembro de 2008 às 13:30
Tendo como referência os comentários femininos ao post da Ana, estamos falados quanto aos méritos mais cantados do homem.

Mas outros méritos- consta - o homem teve. ( leiam os excelentes artigos do " Público " a respeito da sua morte). E - nem de propósito - parece que foi sempre um excelente marido, surdo aos gemidos plenos de desejo que gerações de mulheres lhe foram lançando.

Mas, vejamos, minhas amigas, não lamentem damasiado: P. Newman faleceu octogenário. Destes, poucos conheço que mantêm o carisma, o apelo, a irresistibilidade de outrora. São , na sua maioria, e com boa vontade, uma pálida reminiscência. Este grisalho de olhos azuis que a Ana quis perpetuar não fugiu à regra que descrevi. A foto é demasiado antiga . Não passa por isso de uma torneira de cálidas e cristalinas fantasias.

RIP, Paul.
De João Paulo Carodo a 29 de Setembro de 2008 às 13:51
Um dos melhores de sempre.

Só soube à hora de almoço de domingo e quase verti uma lágrima.

E ainda foi um herói fora das telas!

Beijos.
De Meg (sub Rosa a 29 de Setembro de 2008 às 20:06
Lindo homem, bela pessoa,
Bela vida , dorosa saída.
Embraceable you.
Saudadinhas e já volto.
Carinho
Meg
De Paulo Cunha Porto a 29 de Setembro de 2008 às 20:59
Estive presente neste Memorial.
Beijinho

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds