Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

How fragile we are...

 

Em homenagem a Isaac Hayes, uma voz inconfundível que incendiou a minha imaginação de adolescente e mais tarde nunca me desiludiu. Foi o primeiro cantor a ganhar um Óscar da Academia de Hollywood para a melhor música original de um filme, com Shaft. Calou-se ontem para sempre, aos 65 anos. Era, afinal, muito mais fragile do que parecia.

 

(Fragile - Isaac Hayes)

 

Etiquetas: ,
publicado por Ana Vidal às 23:34
link do post
8 comentários:
De ritz_on_the_rocks a 12 de Agosto de 2008 às 22:27
saravah
bj
Ginja
De Ana Vidal a 12 de Agosto de 2008 às 23:34
Saravá, pianista-maravilha.
Também gostavas dele, aposto...
De JuliaML a 12 de Agosto de 2008 às 23:27

também gostava muito!
uma perda...
De Ana Vidal a 12 de Agosto de 2008 às 23:37
Tenho estado a ouvir o Joy, o meu disco favorito dele. E continuo a gostar tanto como quando o descobri.
De ritz_on_the_rocks a 13 de Agosto de 2008 às 12:15
My Eyes Adore You, Isaac Hayes And Dionne Warwick - A Man And A Woman.
Recomendo
bj
Ginja
De Ana Vidal a 13 de Agosto de 2008 às 18:32
(my ears adore him)
Obrigada pela sugestão, Ginja.
Beijinhos
De psb a 17 de Agosto de 2008 às 18:41
Ana
Tenho andado mesmo distraído. Só agora pelo teu post me apercebi deste desaparecimento.
Que era (é) também dos do meu culto de sempre.
Beijinhos
De Ana Vidal a 17 de Agosto de 2008 às 21:33
Um beijo dos Açores, Pedro.
:)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds