Sábado, 9 de Agosto de 2008

Cata-Ventos

 

 

China: a volta por cima

RAA, no Abencerragem

 

Papel de presente

Adelaide Amorim, n' O Bem, o Mal e a Coluna do Meio


Maternidade

Sofia K, n' O meu Cais

 

Apesar dos carrascos

José Manuel Pureza, no Palombella Rossa

 

Freud e o Código Da Vinci

José Norton, no Triunfo do Porco

 

O (meu) Verão

Sinapse, no Postais de BXL


Classificados

Espumante, no Espumadamente

 

Beijar-te, eu? Não sejas tolo

Sofia Vieira, no Um Amor Atrevido

 

Entrevista de emprego (um gajo sujeita-se)

Azia, no Azeite & Azia


Soneto da troca

Jayme Serva, no Dito Assim Parece à Toa

 

E para quem quiser seguir de perto as provas portuguesas nos Jogos Olímpicos de Pequim, toda a informação (calendário, notícias, entrevistas com os atletas, dicas úteis, etc.) pode ser encontrada aqui: http://www.pequim2008.com.pt/ 

 

Bom fim de semana.

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 14:48
link do post
8 comentários:
De RAA a 10 de Agosto de 2008 às 03:49
É o que eu digo, vizinha: sempre atenta e generosa!...
Um abraço.
De Ana Vidal a 10 de Agosto de 2008 às 17:40
Atenta, sim. Mas não preciso de generosidade para lê-lo, vizinho. É sempre um prazer.
Abraço
De Sinapse a 10 de Agosto de 2008 às 15:40
Obrigada, Ana!
:-)
De Ana Vidal a 10 de Agosto de 2008 às 17:38
Nada a agradecer, Sinapse. :)
De espumante a 10 de Agosto de 2008 às 21:29
uma vizinha sempre simpática :)
Bom fim de semana
De Ana Vidal a 10 de Agosto de 2008 às 22:58
Bom fim de fim de semana, caro vizinho! :)
De sofia k. a 11 de Agosto de 2008 às 12:46
Sou eu ali, não sou?

Obrigada minha querida pela lembrança... e sabes o gosto que me deu escrever aquilo.

beijinhos
De Ana Vidal a 11 de Agosto de 2008 às 17:09
O que escreveste é lindo, Sofs. Uma ternura que eu sei como é sentida de verdade.

Beijinhos

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds