Sábado, 1 de Março de 2008

Cata-Ventos


Rio x Havana: qualquer semelhança é mera pobreza.
Adelaide Amorim, n'O bem, o mal e a coluna do meio
Se virando
Allan Robert, no Carta da Itália
Mini 92
Jayme Serva, no Dito assim parece à toa
Porque hoje é sábado (Vol. V)
Milton Ribeiro, no MR
Desconfio
Peri S.C., no Armazém peri s.c.
Rio das Flores
Capitão-Mor, no Portuga nos Trópicos

(Nota: Blogs do Brasil)

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 23:37
link do post
9 comentários:
De Meg (Sub Rosa) a 4 de Março de 2008 às 06:06
Aniuska!
É o que sempre digo, comento com amigos: fazes mesmo um dos blogs mais criativos, deliciosos, abrangentes , agregadores, e és uma autêntica blogger, ou seja fazer blog é também ser um leitor ideal.
Um beijo.
És excecional, ou melhor, como se diz, nos Brasis, és *sensas*, da hora, irada;-)))

Iuhuuu!
Meguita
De Capitão-Mor a 3 de Março de 2008 às 20:38
Agradeço o teu apontamento.
Votos de uma boa semana!
De av a 3 de Março de 2008 às 00:15
Allan, não tem que agradecer.
A história que conta é deliciosa e muito significativa. Vou passando sempre lá no Carta da Itália, mas raramente comento.
Um abraço
De Sofia a 2 de Março de 2008 às 23:25
Os elogios que um simples, mas muito especial, passeio pela praia me trouxe! Obrigada Margarida. Continue a aparecer por lá, que eu gosto sempre de ter novos leitores.

À Ana, pois podes sempre escolher-me mais vezes, querida, que eu não me importo nadinha... é uma honra ser citada aqui no teu Cata-ventos!

beijos e mais beijos!
De Allan Robert P. J. a 2 de Março de 2008 às 22:28
Obrigado pela citação e pelo link.
Mas obrigado mesmo pelas dicas!
:)
De av a 2 de Março de 2008 às 18:35
Peri,
"Desconfio" que, com fotografias e comentários tão geniais como este que assinalei, os seus ventinhos serão catados mais vezes!
Outro
De Peri S.C. a 2 de Março de 2008 às 15:41
Ana
Obrigado pela citação, uma alegre surpresa que meus ventinhos consigam atravessar o oceano.
beijo
De av a 2 de Março de 2008 às 09:46
Cara Margarida,
Os textos da Sofia são lindos e O meu Cais está cada vez melhor. Terão sempre lugar, tenho a certeza, no Cata-Ventos. Mas não neste em particular, que foi exclusivamente dedicado aos blogs do Brasil (nota em baixo, no post). Só por isso não está cá, mas, tal como a si, a mim também me "soube a amar" aquela brisa marítima.
Um beijinho
De Margarida a 2 de Março de 2008 às 09:02
Sigo esta rubrica, com gosto e atenção. Procurei, em vão, o "Soube-me a amar" de "O meu cais" (quinta-feira, 28 de Fevereiro), que você também leu. Sem desprimor para as suas escolhas, sempre interessantes.

Nunca comentei naquele blogue. Mas o texto é uma beleza. Como outras, que ali já li. E outras, que espero vir a ler. Entenda isto como um contributo diferente para o seu Cata-Ventos. O meu, se existisse, teria respirado, com encanto, esta terna e suave brisa marítima. Beijinho para si.

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds