Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Boas intenções

 

Nas notícias da noite, Cavaco Silva despede-se dos atletas portugueses, a caminho da China para os Jogos Olímpicos. Depois de algumas palavras de circunstância (de alento, pronto...), aperta a mão a um dos mais promissores candidatos às medalhas - Nelson Évora - dizendo-lhe: "Boa sorte!"

 

A resposta do atleta é prontíssima: "Obrigado... igualmente!"

 

publicado por Ana Vidal às 21:48
link do post
12 comentários:
De fugidia a 9 de Julho de 2008 às 22:58
De Ana Vidal a 10 de Julho de 2008 às 00:30
De Júlia a 10 de Julho de 2008 às 21:36

:-)

és o máximo! Atenta atudo!
De Ana Vidal a 10 de Julho de 2008 às 22:13
Achei graça à gaffe, Júlia. Como o telejornal parece sempre um filme de terror, de vez em quando uma piada sabe bem!

Gosto do chinês... é para dar sorte ao nosso Nelson?
:)
De O Réprobo a 9 de Julho de 2008 às 23:19
O Nélson é uma jóia de rapaz e deve ter lido algures que o Presidente era barreirista, tendo-lhe escapado a falta de agenda para Pequim...
Fora de brincdeira, Querida Ana, estou sempre receoso de um dia ver alguém responder como ele a uma formulação de pêsames. São os automatismos...
Beijinho
De Ana Vidal a 10 de Julho de 2008 às 00:28
Isso é coisa para eu fazer um dia, com as minhas distracções...
Bj
De aviador a 9 de Julho de 2008 às 23:59
Cavaco bem precisa de "boa sorte".

Mas nem assim vai lá...
De Ana Vidal a 10 de Julho de 2008 às 00:31
Seja bem-vindo, aviador.
De mike a 10 de Julho de 2008 às 00:34
Um rapaz educado, o Nelson. ;)
De Ana Vidal a 10 de Julho de 2008 às 00:49
E irónico, mesmo sem querer...
De Luísa a 10 de Julho de 2008 às 19:13
Se o PR não interpretasse o seu papel com tanta «subtileza», nem fosse tão sistematicamente desculpabilizado, Ana, diria que precisava de muito mais sorte do que o Nelson. Mas sendo as coisas como são, também é para este que vai o meu voto. :-)

De Ana Vidal a 10 de Julho de 2008 às 22:09
Também me parece, Luisa. Mas, como precisamos mais do que nunca de alegrias, prefiro torcer pelo Nelson! ;)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds