Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Dream a little dream

(Laura Fygi)

 

(Louis Armstrong)

publicado por Ana Vidal às 00:26
link do post
20 comentários:
De fugidia a 27 de Junho de 2008 às 00:37

Que belíssima maneira de ir para a cama: embalada nestas duas belíssimas vozes!
Obrigada, querida Ana.
Não podia ir descansar com um sorriso maior do que o que levo.
E a alma mais leve...
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 00:39
Então ainda bem, querida Fugi.
Sweet dreams!
:)
De mike a 27 de Junho de 2008 às 00:48
Esta música é divina, Ana. O curioso são as diferentes sensações que as duas interpretações me causam. Quando oiço a da Laura Fygi penso em dançar descalço na relva ou na areia. Quando oiço a de Louis Armstrong penso em ouvi-la sozinho, apenas eu e a voz de Mr. Jazz. Isto deve ser do cansaço... (risos)
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 00:58
É uma canção que eu adoro, Mike.
A voz da Laura Fygi é puro veludo, a de Mr. Jazz não lhe fica atrás. Teriam feito um belíssimo dueto, acho eu.
Se tem relva ou areia perto... dance!
;)
De mike a 27 de Junho de 2008 às 01:00
Entrego-me antes à outra sensação. Sozinho e com a voz de Mr. Jazz. :)
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 01:05
Com boa música nunca se está sozinho.
:)
De Huckleberry Friend a 27 de Junho de 2008 às 11:37
Um tipo esforça-se para acordar e vir para o trabalho. Não que me custe levantar, basta olhar para o dia que está. O drama é resistir à tentação de parar o carro algures na marginal, em vez de subir a malfadada estrada de Paço d'Arcos até ao jornal. Apesar de tudo, a coisa faz-se. Eis senão quando, ao ligar o PC, resolve espreitar um blogue. E ele é sonhos, ele é areia, ele é trinta por uma linha. Trabalho?! A dúvida passa a ser se fujo para a cama ou para a praia... o melhor é escolher consoante a companhia, não? Depois queixam-se de que a produtividade decresce...
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 12:12
Ai, valha-me Deus, Huck: ainda vou ter o Sócrates a fechar-me o estaminé por convidar à preguiça nacional!
;) Beijinhos e parabéns pelo dia de hoje!
De O Réprobo a 27 de Junho de 2008 às 12:49
Se outro Armstrong andou na Lua, Este é menos egoísta, faz-nos andar a nós nela.
A Fygi (a que por hábito li inicialmente Fugi) tem uma voz que resulta muito bem nesta canção, sendo pouco risonha, muito mais concentrada.
Beijinho, Querida Ana
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 13:00
É uma voz quente e sensual, Paulo, que são aquelas de que eu mais gosto.
Beijinho
De manecas a 27 de Junho de 2008 às 12:51
Aqui, o Louis que me perdoe mas vou pela Laura...Não é só a voz...a menina Ana também soube ir buscar a foto "adequada" para influenciar a opção...

Muitos beijinhos
(Já sei o próximo Cd que te vou oferecer...)
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 12:58
Manecas, da Laura Fygi tenho vários cd's, mas não tenho o Bewitched (que por sinal é o disco dela que eu mais gosto). Se o encontrares...
Ela é bonita, sim. E sexy. Parecida com a Ava Gardner, não é?
:) Beijinhos
De manecas a 27 de Junho de 2008 às 15:35
Não tem nada a ver com estes...É só para despistar...Mas vais gostar!!! Vamos ver se o encontro

Beijocas!
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 16:36
O que será, então? Surpresa...
Sei que tens bom gosto, Manecas.
Beijinho
De cristina ribeiro a 27 de Junho de 2008 às 13:06
Arremato os dois :)
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 13:15
Vendido à Senhora do Norte!!
:)
De sofia k. a 27 de Junho de 2008 às 13:22
Bem miúda, vim despedir-me antes da partida para férias! E vou muito bem embalada por estas duas vozes... para quê escolher uma, quando posso ter as duas! Eu não cresço nunca! ;-)

beijinhos
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 13:30
Não cresças, não, que é coisa que não faz falta nenhuma!
Beijinhos e boas férias.
E PARABÉNS!!!!
De Once a 27 de Junho de 2008 às 16:57
A little dream .. little enough to always be protected, honoured, awarded ..
Maybe then it can come true :)

Estou com a Sofia, Querida Ana, gosto das duas *
De Ana Vidal a 27 de Junho de 2008 às 17:12
Little dreams must grow, dear Once... or die.
Bem-vinda, Once. Todos nós sentimos a sua falta.
Também não consigo escolher, adoro as duas versões. E, como já disse, acho que estas duas vozes dariam um dueto magnífico.
Bom fim de semana!

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds