Sexta-feira, 13 de Junho de 2008

50º Aniversário

Mais um ainda, neste dia realmente especial: o do cinquentenário da morte de Vasco Santana.

 

 

(e tinha logo de morrer no dia de Santo António?)

 


(Obrigada a Blogotinha, que me avisou de mais esta efeméride de hoje)

 

Etiquetas: , ,
publicado por Ana Vidal às 16:32
link do post
5 comentários:
De O Réprobo a 13 de Junho de 2008 às 22:27
Quando os Vascos eram Santanas...
E não se arranja um postalinho sobre Yeats, que também nasceu a 13/6?
Beijinho, Querida Ana
De Ana Vidal a 13 de Junho de 2008 às 22:56
Paulo, por hoje acho que chega de efemérides! Não é que Yeats não mereça, claro, mas depois da brincadeira do Maxime já não consigo falar a sério. Deixo-lhe essa incumbência, e sei que se sairá muito melhor do que eu.
Não há dúvida de que este dia é mesmo especial!
Beijinho
De cristina ribeiro a 13 de Junho de 2008 às 22:37
" Um tostãozinho para o Santo António"; impagável!
De Ana Vidal a 13 de Junho de 2008 às 22:54
Cristina, ele era brilhante a caricaturar o portuguesinho típico. Inteligente e engraçado.
De Blogadinha a 15 de Junho de 2008 às 17:27
Porventura terá ido reclamar algum tostãozito furado ao Santo!

Blogadinha agradecida pelo post.
Deixo a referência para a Blogotinha...

Votos de boa semana!

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds