Terça-feira, 27 de Maio de 2008

Mistério

 

 

São inegavelmente bonitas.

 

Simbolizam a leveza, a candura, a graciosidade, a simetria, a fragilidade.

 

Então... porque raio é que eu nunca gostei de borboletas???

 

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 21:20
link do post
20 comentários:
De cristina ribeiro a 27 de Maio de 2008 às 21:37
Acho que se a Ana visse os exemplares tão´lindos, tão coloridos, que havia por aqui há um bom par de anos se lhes rendia.
Desapareceram por completo; agora, quando surgem, são quase todas monocolores, sem muita graça...
De Ana Vidal a 28 de Maio de 2008 às 00:00
Cristina, eu não tenho remédio... acho uma bênção que tenham desaparecido, mesmo as mais coloridas. Até acho graça vê-las de longe, mas tocar-lhes... brrrr
;)
De cristina ribeiro a 28 de Maio de 2008 às 00:53
Ah, sim! Eu também só gosto muito de as olhar. Nunca fui tentada a tocar-lhes. Gostava de as ver a fazer aquele voo :)
De manecas a 27 de Maio de 2008 às 21:59
Bem então acertei em cheio quando outro dia escolhi os animais com que te identificava!!!

Extraordinário!!!
E eu que não vinha aqui há tanto tempo!!! O que é que eu terei perdido mais???

Um beijão Aninhas, borboleta!!!
De Ana Vidal a 27 de Maio de 2008 às 23:08
A intenção era boa, Manecas. E como suponho que tu gostas de borboletas, era um elogio.

;) Mesmo soando mal, prefiro que me chames cavalo! (esse sim, é um dos animais que acho mais bonitos de todos os que conheço).

beijinhos
De Manecas a 28 de Maio de 2008 às 11:50
Sim gosto de borboletas, sobretudo como símbolo da liberdade que tem muito a ver com o poesia, com a tua poesia.

Mas também prefiro o cavalo (o meu animal preferido) porque associa a beleza, à nobreza, ao carácter , mas também à doçura.

Conseguir acalmar e afeiçoar-nos a um cavalo falando com ele, é uma experiência extraordinária.

Mas os animais que fui buscar, eram somente para tentar um paralelismo na natureza, que pudesse significar toda a beleza que transportas.

Fui porventura desastrado, mas acho que sabes o quanto gosto de ti e aprecio a tua amizade.

Um beijinho

De Ana Vidal a 28 de Maio de 2008 às 12:09
Querido Manecas, tu NUNCA és desastrado! Pelo contrário, meu amigo, tens uma sensibilidade rara.
As imagens que foste buscar só me enaltecem, e o pormenor de eu não gostar de borboletas não desvaloriza em nada o teu gesto tão bonito.

Eu é que não sou muito normal... quem é que não gosta de borboletas? Os cavalos são outra história. Como sabes, estive ligada a eles durante muitos anos, e ainda hoje tenho saudades de montar a cavalo.

Beijo grande
De Luísa a 27 de Maio de 2008 às 22:16
Porque por baixo das asas está um horrível gafanhoto. :-D
De Ana Vidal a 27 de Maio de 2008 às 23:05
LOL. É capaz de ser isso mesmo, Luísa! Na verdade, não gosto nada de insectos, nem dos bonitos.
De O Réprobo a 27 de Maio de 2008 às 22:17
Talvez por noutra fase da vida terem sido lagartas rastejantes e medonhas?
Beijinho, Querida Ana
De Ana Vidal a 27 de Maio de 2008 às 23:04
Deve ser isso, Paulo, não sei. Alguma coisa me repele nas borboletas...
De fugidia a 27 de Maio de 2008 às 22:30

E no entanto, já Tagore dizia uma verdade sobre elas: "A borboleta conta momentos e não meses... e tem tempo de sobra!"
Beijinhos.
De Ana Vidal a 27 de Maio de 2008 às 23:00
É sábia, ainda por cima...
;)
De mike a 27 de Maio de 2008 às 23:39
Ana, como não pensei nisso antes? Borboletas são coisas que eu odeio. Se me tivesse lembrado, teria acrescentado à lista... ;)
Larvas com asas bonitas... bah!
De Ana Vidal a 27 de Maio de 2008 às 23:48
A sério, também não gosta???
Ah, finalmente alguém que me entende!
Larvas com asas bonitas... lol
De OnceinaWhile a 28 de Maio de 2008 às 08:50
quem sabe porque simbolizam a discórdia querida Ana .. e diz-se que fomentam a picardia e embirração .. mas isso são coisas antigas :)
Beijinho
De Ana Vidal a 28 de Maio de 2008 às 09:23
Não sabia disso, tem graça. Os antigos lá teriam as suas razões para essa associação simbólica.
Beijinhos
De Huckleberry Friend a 29 de Maio de 2008 às 13:35
Dizem que uma borboleta a bater asas em Pequim pode causar um terramoto em São Francisco... terá sido uma mariposa californiana a provocar a tragédia de Sichuan? Não sei, mas devo dizer que também não gosto de tocar nesse bichos. Fica-se com pó das asas delas nas mãos e já ouvi dizer que para as ditas cujas também não é lá muito saudável: morrem. (vês, Ana, se lhes tocasses mais depressa te vias livres delas...)

Deixo-te, porém, uns versos de um tipo de quem ambos gostamos... sobre borboletas. Beijinhos!

Someone saved my life tonight, sugar bear
You almost had your hooks in me, didn't you dear?
You nearly had me roped and tied
Altar bound
Hipnotized
Sweet freedom whispered in my ear
You're a butterfly
And butterflies are free to fly
Fly away
High away
Bye-bye
oo-oo-oo-oo-oo-oo-oooo
De Ana Vidal a 29 de Maio de 2008 às 14:07
Ah, o nosso Elton! Quase que gosto de butterflies...
Se calhar o que eu tenho mesmo é inveja delas, porque voam!

Bye-bye, sugar bear
De sofia a 29 de Maio de 2008 às 15:20
Nem das amarelas? LOL

Adoro borboletas, mas isso é porque eu tenho uma história antiga com elas, ou por causa delas! ;)

Mas o que eu gosto mesmo é de joaninhas, mas das 'verdadeiras', as 'falsas' são feias!

beijos

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds