Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

Post de desagravo

O prometido é devido. Espero que se sintam condignamente representados, meus amigos. Pessoalmente prefiro morenos, mas parece-me que a escolha do loirinho não foi má de todo. Pois não, meninas?

 

E, já agora, uma banda sonora personalizada para cada um.

Tudo está bem quando acaba bem. E acaba MUITO bem...

 

(Ce Georges - Salvatore Adamo et Olivia Ruiz)

 

 (George Clooney)

 

 (Hey Jude (Live) - Paul McCartney, Elton John & Sting)

 

 (Jude Law)

 

E aqui está uma adenda, a pedido de uma amiga. Uma bela adenda, diga-se. Assim que lhe arranjar uma banda sonora à altura do nome, acrescento-a à imagem.

 

(Reynaldo Sanchez - Los Canelos de Durango)

 

(Reynaldo Gianechini)

 

Adenda 2 - Cá está a banda sonora. A sugestão de parecença com Che Guevara (obrigada, R.!) deu o mote para encontrar a música certa. Ora vejam lá.

 

 

publicado por Ana Vidal às 23:51
link do post
30 comentários:
De fugidia a 22 de Maio de 2008 às 00:55

Nops, não aprecio o estilo de um nem do outro, querida Ana!

Acha que podia postar um Reynaldo Gianechini, por exemplo?

Beijinho e bom feriado!
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 02:57
Os seus desejos são ordens, querida Fugi. É para já!
Só não sei se lhe arranjo uma música com o nome do rapazinho, mas farei o meu melhor.

beijinho!
De fugidia a 22 de Maio de 2008 às 11:07
Ah!!! (suspiro e leve pestanejar de olhos...)
Como posso agradecer-lhe, querida Ana????
Até... , pois...

Beijinhos!
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 11:36
Ora essa, Fugi, tudo pelas minhas amigas! Não prometo que se tanto com a mousse, mas farei o meu melhor...

beijinhos
De Teresa a 22 de Maio de 2008 às 00:58
George Clooney é de uma mulher se atirar nua para o chão!!!

Yummy!
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 02:56
LOL! Sempre muito gráfica, Teresinha!
De Teresa Ribeiro a 22 de Maio de 2008 às 01:24
Apesar de preferir morenos, este loirinho mata-me do coração :)))
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 03:25
A mim também, Teresa. E ainda por cima é bom actor!
Quem é que resiste?
:)
De mike a 22 de Maio de 2008 às 03:21
Post de desagravo, pois sim... humprff... isto é um post de uma no cravo e duas na ferradura. Duas ferraduras no nosso ego, é o que é... humprff! Cá para mim estas portas estão escancaradas. Vou-me abrigar do vento para outras paragens. De desagravo... Bah!
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 03:32
Amuado, Mike? E eu a achar que se sentiriam bem representados com os cravos escolhidos... mas é verdade que não se comparam aos nacionais... está melhor assim?
LOL
De Rita Ferro a 22 de Maio de 2008 às 03:28
As duas acordadas à mesma hora??? Lol
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 03:33
Pois, parece que sim... uma bela hora para blogar!
De Rita Ferro a 22 de Maio de 2008 às 09:22
Ainda os lobos uivam, Ana!
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 11:02
Pois, o mal é esse. Por enquanto só uivam, mas quando começarem a morder já não há nada a fazer!
De Rita Ferro a 24 de Maio de 2008 às 04:01
E o lobo não é como o cão. Lobo que uiva, não só morde como mata! (Este domingo vou estar na Feira do Livro às cinco, com o Mané. Nos tais pavilhões diferentes da Leya. Aproveitamos e vamos pedir um autógrafo ao Bagão Félix, que escreveu O Cacto e a Rosa. Que tal apareceres? Causas sempre a maior sensação entre a comunidade de escritores, alguns até desmaiam...)
De Ana Vidal a 24 de Maio de 2008 às 10:27
Ah, pois claro que vou lá ter! Eu perco lá a oportunidade de ver os escritores a cair-me aos pés, desmaiados!!!

Agora a sério, vou mesmo. Saudades da Feira do Livro. Lá estarei no palacete da Leya.
De Patti a 22 de Maio de 2008 às 07:58
Gosto do Mr. Patrick Dempsey.

Mas o Mr Law e o Mr. Gianechini...... sim senhora!

Prescindo do Mr. Clooney; vá-se lá saber porquê.
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 11:00
Não te preocupes, Patti, acho que ele não vai ficar sozinho... vá-se lá saber porquê!
De Pitucha a 22 de Maio de 2008 às 08:21
Este teu post vai ser a minha salvação! De cada vez que o Tratado de Lisboa me estiver a trocar os olhos e a torcer as sinapses, venho até aqui para uma lufadinha de ar fresco!
Bem hajas!
;-)
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 10:59
E fazes tu muito bem, Pitucha. Já que tens mesmo que trocar os olhos e electrizar as sinapses, que seja por uma boa causa! Ou duas, ou três!
;)
Beijinhos
De cristina ribeiro a 22 de Maio de 2008 às 09:22
De repente- vá-se lá saber porquê- apeteceu-me um Nespresso, ainda antes de tomar o pequeno- almoço, coisa que nunca faço. Ele há coisas...
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 11:03
LOL. Requintes matinais, Cristina...
De O Réprobo a 22 de Maio de 2008 às 12:32
Estou com o Mike:
humpffffr , humpfffr e mais humpffffr!
As Minhas Amigas parecem todas concertadas em bombardear-me com o Clooney, esse saloio do Kentucky que aqui até parece... um clone do Sr. Sócrates!!!

Do deslavado que nem sabe pôr uma gravatinha ou do Ché Guevara em versão pedófila, embora menos sebosa, nem falarei.
Huuuuumpfrrrrrrr!
Ass.
réprobo despeitado
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 12:42
Sabe uma coisa, caro Réprobo? Tem alguma razão nessa observação, o que só abona em favor do nosso primeiro... e pela primeira vez lhe vejo algum interesse! Deve ser desde que tem vícios privados... públicos, coisa que atenua aquele ar de robot que lhe era tão característico. O homem peca, afinal. Haja Deus!

Quanto ao deslavado e ao Che... sem comentários, para não deixá-lo ainda mais despeitado!
bjs
De musqueteira a 22 de Maio de 2008 às 12:50
... o senhor moreno de cabelo grisalho é... antes de mais um Traço!... há também gente assim... interessante muito antes de se decretar que é deveras interessante! e o que os faz desse modo? muito mais do aquilo que os nossos olhos podem alcançar. boa escolha a primeira foto ;)
De Ana Vidal a 22 de Maio de 2008 às 13:17
Essa classificação vinda de uma pintora significa um aval muito especial, Musqueteira. Quem sou eu para contestar essa verdade insofismável? É um "traço", sim senhora! Mas os outros dois também não são propriamente "riscos", não é verdade? A não ser, talvez, o risco de fractura...
;)

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds