Quinta-feira, 1 de Maio de 2008

Oldies (1)

Para hoje, que é dia de descanso, uma voz que ainda hoje faz tremer os meus alicerces: Isaac Hayes, o homem do Shaft. Quem se lembra dele? Aqui, em Moonlight Lovin'.

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 11:32
link do post
18 comentários:
De psb a 1 de Maio de 2008 às 12:55
Ana
Para hoje, que é dia de descanso... pois... não para todos. Que melhor maneira de festejar o dia do trabalhador se não a... trabalhar...
Quanto ao Isaac Hayes, detecto aqui mais uma afinidade: é dos meus ícones musicais, com músicas belíssimas. Já consegui recuperar em CD meia dúzia dos vinis que, com o meu irmão João, coleccionávamos há, p'rá aí, trinta e muitos (quase todos) anos.
Um beijo trabalhador
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2008 às 22:17
Tadinho, sócio... com um dia tão bonito!
Ficou o Isaac, que também é um dos meus musts, para te fazer companhia.
Um beijo folgado
De Mike a 1 de Maio de 2008 às 19:22
Quem se lembra dele? Desde os tempos do vinil. E há um album imperdível - A Man and a Woman, em que o senhor canta com Dionne Warwick (LP duplo de 1977).
Bom feriado. Já o Pedro... ;)
De psb a 1 de Maio de 2008 às 19:57
Mike
Obrigado pela solidariedade...
Um abraço
De psb a 1 de Maio de 2008 às 20:01
Ainda Mike
Lembro-me bem desse LP duplo, que não ficou comigo e ainda não consegui recuperar em CD.
Um abraço
De Mike a 1 de Maio de 2008 às 20:25
E não sei se vai conseguir, Pedro. Mas vale o esforço. Eu também não fiquei com o dito LP (risos)...
De Ana Vidal a 4 de Maio de 2008 às 02:21
O meu preferido é o Joy - todo ele, do princípio ao fim. Mais antigo (anterior a 74), mas não me lembro do ano. Queria ter posto aqui uma das músicas do Joy, mas não encontrei. Mas esse com a Dionne Warwick também é óptimo. São todos, aliás.
De psb a 1 de Maio de 2008 às 20:03
Ana
Só para dizer que o Isaac que mandaste me acompanhou a trabalhar durante uma boa parte da tarde.
Gracias
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2008 às 21:22
Fico contente, Pedro. Ainda bem que acertei, com o Isaac Hayes! Pelo menos não estiveste sozinho, já que deves ter sido quase o único neste país que hoje trabalhou. Ossos do ofício de patrão...
De O Réprobo a 1 de Maio de 2008 às 20:15
Querida Trabalhadora,
lembro-ne do Shaft,mas não tinha no ouvido esta musiquinha. Entrou agora.
Beijimho e nada de abusos de esforço, certo?
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2008 às 21:16
Mas eu hoje não trabalhei, Paulo. Estive todo o dia fora e cheguei agora mesmo, mas de passeio! O meu "sócio" PSB é que trabalhou hoje, não eu.
beijinho
De Papoila a 1 de Maio de 2008 às 20:25
(Já pouco saltitante!)
Faz tremer os meus também! E que recordações vieram à memória...
De Ana Vidal a 1 de Maio de 2008 às 21:14
Pois é, Papoila... a mim também.
Beijinho
De hetiecaslobranco@yahoo.com a 2 de Maio de 2008 às 03:48
Querida Ana e querido todos,

eu diria: quem poderia esquece-lo (aqueles que ja o escutaram)
Hoje aqui nao foi dia do trabalho. Aqui eh em Setembro. Hoje foi um dia absolutmente normal...alias, feriado feriado, so temos 6 oficiais...
De Ana Vidal a 2 de Maio de 2008 às 10:41
Pois é, Hetie, aí trabalha-se mesmo...
Um beijinho
De sofia a 5 de Maio de 2008 às 11:17
Merci, pela melodia quese matinal... para ver se acordo!

Pela quantidade de entradas que tu aqui tens estou a ver que vou passar a manhã aqui a passear! Entre cada livro uma entrada!

beijos

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds