Sábado, 19 de Abril de 2008

Cata-Ventos



Bibelots?
Espumante, no Espumadamente

Tuning
Bic Laranja, no Bic Laranja

Fragmento XLX
Estrelicia Esse, no Arcádia Lusitana

O voo da codorniz (XXII)
Huckleberry Friend, no Codornizes

Um post pouco sério
Filipa Martins, no Corta-Fitas

Esquecer
Pedro Mexia, no Estado Civil

Relembrar Orwell (5)
Samuel de Paiva Pires, no Estado Sentido

Computer says no
Leonor Barros, n' A Curva da Estrada

Sem acordos ortográficos
Pitucha, no No Cinzento de Bruxelas

Pesos e medidas
O Réprobo, no As Afinidades Efectivas

Etiquetas:
publicado por Ana Vidal às 12:18
link do post
13 comentários:
De O Réprobo a 19 de Abril de 2008 às 14:51
Querida Ana, muito grato por mais esta prova de Amizade. Se algum mérito este postal tem, é o de não poder ser dado como desmiolado, ehehehehe.
Beijinho
De Ana Vidal a 22 de Abril de 2008 às 22:53
O epíteto nunca se aplicará a si, Paulo. Massa cinzenta é coisa que não lhe falta...
Um beijinho
De Leonor a 19 de Abril de 2008 às 15:08
Obrigada, querida Ana, para ti, computer will always say yes!
Beijinhos
De Ana Vidal a 19 de Abril de 2008 às 17:00
Idem para ti, Leonor. Com muito gosto.
Um beijo
De s a 21 de Abril de 2008 às 13:42
Aquele voo da codorniz é precioso! Belíssima forma de dizer as coisas, muito poético mesmo! Sei que sou suspeita, mas adorei aquele! E a música, não é perfeita? Passámos o fim-de-semana a cantá-la!

beijinhos
De Sofia a 21 de Abril de 2008 às 13:43
Era eu, mas não ficou o nome!

beijinhos
De Ana Vidal a 21 de Abril de 2008 às 18:06
Precioso mesmo, miúda.
beijinhos
De Huckleberry Friend a 21 de Abril de 2008 às 14:26
Triplamente agradecido por esta rajada vinda da Porta do Vento, que atravessou a minha cara atónita e a deixou revigorada... primeiramente, pela distinção; segundamente, por tê-la visto numa manhã de segunda-feira, que é das melhores alturas para nos passarem a mão pelo pêlo (este circunflexo ainda não morreu, pois não?); terceiramente, pelo amoroso comentário que suscitou à menina s, com quem partilho o mérito, visto que é ombro a ombro que descobrimos sítios que nos fazem dizer "C'est là!". Beijinhos, Ana!
De Ana Vidal a 21 de Abril de 2008 às 18:05
Nada a agradecer, Huck. Adorei a viagem à Galiza, uma terra que eu adoro!
Beijinhos triplos ;)
De Samuel de Paiva Pires a 23 de Abril de 2008 às 22:11
Cara Ana,

Muito obrigado pela referência de que dei conta com manifesta surpresa! Espero que continue com as suas rajadas de vento!

Cumprimentos
SPP
De Samuel de Paiva Pires a 23 de Abril de 2008 às 22:13
Cara Ana,

Muito obrigado pela referência de que dei conta com manifesta surpresa! Espero que continue com as suas agradáveis rajadas de vento!

Cumprimentos
SPP
De Ana Vidal a 23 de Abril de 2008 às 22:44
As rajadas por cá continuarão, Samuel.
E volte sempre, será muito bem-vindo.
De Samuel de Paiva Pires a 23 de Abril de 2008 às 22:14
Peço desculpa pelo comentário repetido mas ocorreu um erro quando estava a publicar!

Cumprimentos
SPP

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds