Domingo, 16 de Dezembro de 2007

Obrigada

Obrigada a todos os meus amigos que tiveram a paciência e a coragem de ter ido ontem à Azambuja para o lançamento do meu livro, nesta época em que todo o tempo está ocupado.
E obrigada também a todos os que não puderam estar presentes, e, literalmente, me entupiram o telefone e o computador com mensagens e mails tão queridos que me aqueceram a alma.
A todos agradeço, comovida, porque sei que os amigos são o mais precioso dos bens. E os meus são os melhores do mundo!

publicado por Ana Vidal às 12:36
link do post
10 comentários:
De av a 18 de Dezembro de 2007 às 13:44
Rosarinho,

LOL!

Guarda a pandeireta, era oferecida, como o almoço de coiratos. Se fosse só o livro nao ia ninguém!
De rv a 18 de Dezembro de 2007 às 00:56
Adorei a fotografia!
(Depois diz-me como posso fazer para devolver a pandeireta que o senhor da camioneta distribuiu à gente logo depois da primeira paragem para o xixi, naquela taberna da Bobadela.)
E, tirando a excursão, do que gostei mais, foi mesmo da "Gente do Sul"!
E as folhas do meu livro não cairam!
Bjs à autora
Rosarinho
De av a 17 de Dezembro de 2007 às 01:48
Tcl e Ssv,
Foi pena não terem ido, mas vai haver outras ocasiões. Obrigada na mesma.
bjs
De av a 17 de Dezembro de 2007 às 01:45
Viste? Aí está um novo conceito de leitura: pagina lida, página fora!! Não se perde tempo...
beijinhos, miúda.
De Sofia a 17 de Dezembro de 2007 às 01:06
Eu fui... e de boleia! Mas não me tinhas falado no autocarro? O que vale é que ainda apanhei umas queijadinhas e uns copitos de vinho...
Agora ante de ir fazer ó-ó, vou ler mais um conto! Arranjaste um bom marcador, porque à medida que vou lendo, as páginas vão caindo e assim, sei sempre onde vou. LOL

beijinhos e até amanhã
De sem-se-ver a 17 de Dezembro de 2007 às 00:34
não deu pra ir :-(

parabéns, em todo o caso, e mais uma vez!!

:)
De tcl a 17 de Dezembro de 2007 às 00:18
Ana, estive mesmo para ir, mas à última, com trabalho para fazer, mais o frio e a preguiça, acabei por não me pôr ao caminho. Soubera eu da camioneta de reformados....
;-) Felicidades sinceras e beijos
De Mad a 16 de Dezembro de 2007 às 23:08
LOOOOOOOL! Só foi pena as ondas das lombadas... e a ausência do Cachucho.
De av a 16 de Dezembro de 2007 às 21:55
Manel,
Fui eu que fiz como o PS, nas eleições de Lisboa: enchi uma camioneta de reformados, levei-os a ver o convento de Mafra e, antes que dessem por isso, estavam na Azambuja! Não os viste por lá?
Beijos
De manuel teixeira a 16 de Dezembro de 2007 às 20:40
O que é esta fotografia de grupo com autocarro e tudo ?!
Do que se trata?

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds