Domingo, 9 de Março de 2008

Pour la beauté du geste

(As tu déjá aimé - Alex Beaupain)

As-tu déjà aimé pour la beauté du geste?

As-tu déjà croqué la pomme à pleine dent?

Pour la saveur du fruit sa douceur et son zeste

T'es tu perdu souvent?

Etiquetas: , ,
publicado por Ana Vidal às 18:47
link do post
7 comentários:
De av a 10 de Março de 2008 às 16:18
Grande verdade, Paulo. Mas costumamos pagá-los com gosto, não é?
De O Réprobo a 10 de Março de 2008 às 14:56
Querida Ana,
é certo e sabido, a Beleza cobra dreitos, se não autorais, ao menos existenciais, digamos assim. Beijinho
De Sofia a 10 de Março de 2008 às 12:36
A música é lindíssima, já a conhecia de um filme de que não gostei nada 'Les Chansons D'amour', podes ver o vídeo aqui (http://www.youtube.com/watch?v=h_d3fqMH58s&feature=related).

beijinhos
De av a 10 de Março de 2008 às 11:03
Gosto desta ideia de "amar pela beleza do gesto". A letra tem uma leve ironia misturada com alguma candura, que me chamou a atenção. E a música é muito bonita.
De estrelicia esse a 10 de Março de 2008 às 10:48
Desconhecia por completo. Ternurento e doce. Adoro!
De av a 9 de Março de 2008 às 23:39
et si jeune, le mec, non?
bisou
De Júlia Moura Lopes a 9 de Março de 2008 às 23:26
Que lindo!...

obrigada,Ana, si doux, si beau.

bijinho

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

favoritos

O triunfo dos porcos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil


ver perfil

. 16 seguidores

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds