Sábado, 4 de Agosto de 2007

Quedas

Os jornais trazem-nos a notícia de que Mijail Gorbachov é uma das mais recentes estrelas da campanha publicitária da marca Luis Vuitton. O cenário escolhido (pelo próprio, ao que parece) foi o muro de Berlim, ao longo do qual se passeia numa limusine, tendo ao lado um dos mais desejados e imitados acessórios de viagem de todos os tempos - um clássico saco de viagem Vuitton. Consta que Gorby teve que ser convencido a dar a cara por esta marca, e que elegeu o muro de Berlim como fundo, por se orgulhar de ter sido um dos principais artífices da sua queda.
Depois de Gorbachov, Catherine Deneuve e o casal André Agassi-Steffi Graf, a Vuitton está já a pensar em novas personalidades para a sua bem sucedida campanha, e pensa endereçar um convite a Bill Clinton. Não se sabe qual será o cenário escolhido por este, mas tenho uma sugestão: o vestido azul de Mónica Lewinsky, que ele também fez cair com tanto estrondo.
publicado por Ana Vidal às 15:25
link do post
4 comentários:
De ana vidal a 6 de Agosto de 2007 às 14:58
Falando a sério, concordo inteiramente contigo, Mário.
Acho que a Rússia se assustou, não soube perceber o alcance das ideias de Gorbachov nem lidar com a ideia de liberdade, e acabou por escolher mais do mesmo. As mudanças são sempre difíceis, é precisa muita coragem para sair de águas estagnadas, mas conhecidas.
De Mario Cordeiro a 6 de Agosto de 2007 às 14:16
Os próximos contratados, se a Louis Vitton mantiver esta linha de "décadence avec glamour" serão os amigos de Alex - há uns quantos por aí...

Agora a sério: o Gorbachov foi mais um caso de como quem tem a coragem de iniciar reformas é trucidado e injustiçado por elas - o que ele fez é espantoso e correu sérios riscos, e acabou ridicularizado, a fazer anúncios para sobreviver, e a Rússia com o Yeltsin, Putin e outros quejandos.
De ana vidal a 5 de Agosto de 2007 às 00:01
Também gostava de saber...
De Mad a 4 de Agosto de 2007 às 23:59
O vestido sim, mas ela não cabia no saquito de certeza. Curiosidade: qual será o cachet do Bill?

Comentar post

brisas, nortadas e furacões, por


Ana Vidal
Pedro Silveira Botelho
Manuel Fragoso de Almeida
Marie Tourvel
Rita Ferro
João Paulo Cardoso
Luísa
João de Bragança

palavras ao vento


portadovento@sapo.pt

aragens


“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez."

(Jean Cocteau)

portas da casa


Violinos no Telhado
Pastéis de Nada
As Letras da Sopa
O Eldorado
Nocturno
Delito de Opinião
Adeus, até ao meu regresso

Ventos recentes

Até sempre

Expresso do Oriente (3)

Expresso do Oriente (2)

Expresso do Oriente (1)

Vou ali...

Adivinhe quem foi jantar?

Intervalo

Semibreves

Pocket Classic (A Educaçã...

Coentros e rabanetes

Adivinhe quem vem jantar?

Moleskine

Lapsus Linguae

Semibreves

Sou sincera

Rosa dos Ventos

Livros



Seda e Aço


A Poesia é para comer


Gente do Sul

E tudo o vento levou

Perfil

Technorati Profile

Add to Technorati Favorites

Ventos do mundo

Ventos de Passagem


visitantes online

Subscrever feeds